Cachoeira planeja reforma do Teatro Municipal com recurso do MIT

Obra tem previsão para início em 2020; investimento de recuperação de estrutura chega a R$ 600 mil

Parte interna deteriorada do Teatro Municipal; espaço tradicional da cidade deve passar por obras (Foto: Jéssica Dias)
Parte interna deteriorada do Teatro Municipal; espaço tradicional da cidade deve passar por obras (Foto: Jéssica Dias)

Jéssica Dias
Cachoeira Paulista

A Prefeitura de Cachoeira Paulista aposta nos recursos do MIT (Município de Interesse Turístico) para custear a reforma do Teatro Municipal. As cidades contempladas com o MIT recebem anualmente um repasse estadual de R$ 600 mil para o desenvolvimento de seu setor turístico.

Para o próximo ano, a administração municipal pretende utilizar a verba para a reforma de toda estrutura do prédio. Segundo a Prefeitura, o teatro era uma propriedade particular e ficou abandonado por anos.

Sem ter a propriedade do edifício, a administração não poderia mexer na estrutura. A atual gestão buscou um processo distribuído no Fórum em 2013 que estava totalmente abandonado. Em 2019, a Prefeitura conseguiu a sentença e o título de propriedade do teatro.

Com base nesse título, a Prefeitura pode pleitear a verba, para ser direcionada para a reforma do local. Para isso, é preciso a aprovação do Dadetur (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos). Será realizada uma reunião para estudar a possibilidade da aprovação da verba para a recuperação do local. O Executivo não soube precisar o que será feito no prédio. Existe um estudo de 2017 do que precisa ser feito, mas de acordo com a administração, precisa ser atualizado.

A secretária de Turismo, está em contato com o Comtur (Conselho Municipal de Turismo), que precisa participar de todo processo. A reforma do prédio está orçada em torno de R$ 600 mil.

Pronto Socorro – Alvo constante de reclamações de pacientes e de uma verdadeira novela entre fechamentos, greves e falhas de atendimento, o Pronto Socorro de Cachoeira Paulista passou por reforma e a Prefeitura divulgou a reinauguração do local para os próximos dias.

Enquanto a obra não é concluída, os atendimentos de urgência são feitos no Pavilhão Íris, localizado ao lado da Santa Casa. Segundo a Prefeitura, a data será definida pelo prefeito Edson Mota (PR), após o aval da Vigilância Sanitária de Taubaté.

O Pronto Socorro estava concluído para ser inaugurado, mas depois da perícia feita pela Vigilância, foi apurado que algumas reformas precisavam ser adaptadas por se tratar de um Pronto Socorro. A pintura tem que ser específica e alguns pisos devem ser trocados. De acordo com a administração municipal, com a reinauguração do PS, os atendimentos serão desafogados.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

× Como posso te ajudar?