Prefeitos do Vale Histórico se mobilizam na tentativa de garantir recursos barrados

Lideranças municipais traçam estratégias para reaver verbas estaduais garantida em 2018

Prefeito de Silveiras, Guilherme Carvalho, durante reunião do Codivap (Foto: Reprodução Codivap)
Prefeito de Silveiras, Guilherme Carvalho, durante reunião do Codivap (Foto: Reprodução Codivap)

Leandro Oliveira
Regional

Após a suspensão de repasses na ordem de R$ 27 milhões para projetos ligados ao turismo de cidades da região, prefeitos do Vale Histórico estão otimistas para recuperar os investimentos prometidos para o turismo. Uma reunião com as lideranças da secretaria de Turismo do Estado pode destravar as negociações pela recuperação dos recursos. Lavrinhas se tornou Município de Interesse Turístico nesta semana, e outras cidades estão se movimentando para atrair repasses para o setor.

Há duas semanas o governo de São Paulo, encabeçado por João Doria (PSDB), suspendeu repasses garantidos em 2018 pelo então governador Márcio França (PSB). O Governo do Estado alegou que não haviam receitas orçamentárias que garantissem a aplicação dos convênios. Em todo o estado foram 35 cidades consideradas estâncias turísticas e outros sessenta MIT’s.

Nesta semana, prefeitos e representantes de cidades do Vale Histórico estiveram em Guaratinguetá para o lançamento de um programa de incentivo ao turismo na região. O prefeito de São José do Barreiro, Alexandre Braga (MDB), afirmou que os municípios precisam se unir para recuperar o investimento prometido. “Isso é muito triste. Nós somos um local muito esquecido e abandonado, e ainda vem essa notícia. Nós estamos tentando reverter. Eu faço parte da Aprecesp (Associação das Estâncias Turísticas), e estamos tentando reverter isso”, afirmou. “Neste sábado teremos a primeira reunião com o secretário de Turismo do Estado. A reunião é só para as cidades que são estâncias turísticas, e nós estamos tentando dialogar com o secretário e com o governador para recuperar o investimento”, relatou ao Jornal Atos.

O discurso de Braga é parecido com o de Laurindo Joaquim Garcez (PSDB), prefeito de Queluz. O tucano afirmou que a região tem alto potencial turístico devido ao conteúdo histórico das cidades e fazendas. Para o chefe do Executivo, apesar de pequenos, os municípios já se preparam para receber os visitantes. “Só faltam da nossa região Arapeí e Silveiras, que estão sendo analisadas pela secretaria de Turismo para se transformarem em MIT’s. Tenho certeza que elas vão se enquadrar no programa. Temos duas estâncias que são Bananal e São José do Barreiro, e a nossa região será muito voltada para o turismo”, afirmou o prefeito, que explicou ainda que os preparativos para o Carnaval de Queluz estão na reta final.

A reunião entre os prefeitos e o secretário de Turismo do Estado, Vinícius Lummertz, está marcada para hoje, em Águas de Lindoia, onde será realizado um evento destinado a discussões sobre o setor.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

× Como posso te ajudar?