Avenidas de Aparecida perto de receber recuperação após espera de mais de um ano

Investimento de R$ 1,5 milhão na Sólon Pereira e Totó Barbosa tem previsão somente para o pós-eleição

A avenida Sólon Pereira, um dos focos de obras custeadas com verbas liberadas pelo Dade; investimento para restauração de acesso a Potim (Foto: Arquivo Atos)
A avenida Sólon Pereira, um dos focos de obras com verbas do Dade; investimento para restauração de acesso a Potim (Foto: Arquivo Atos)

Rafael Rodrigues
Aparecida

Com mais de um ano de atraso, a Prefeitura de Aparecida começa enfim a revitalização das avenidas Sólon Pereira e Totó Barbosa. O prazo para que a obra estivesse pronta terminou em agosto desse ano, mas a ordem de serviço para começar os trabalhos deve sair somente depois do período eleitoral.

Dessa vez o contrato assinado com a empresa vencedora da licitação será de mais de R$1,5 milhão, valor acima do que foi anunciado em 2017, quando foram anunciados R$ 1,3 milhão. O recurso foi liberado pelo Dade (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias).

O projeto continua o mesmo, mas administração confirmou, através da secretária de Obras, que poderá sofrer alterações. A princípio, as obras contemplarão a relocação de postes, nova iluminação na extensão das avenidas, implantação de ciclovias e melhorias na infraestrutura na drenagem de água e esgoto das vias.

O atraso para o início das obras foi motivado pela desistência da primeira empresa vencedora do certame passado. De acordo com as informações da secretaria, a então contratada iniciou os trabalhos, mas somente levantamento topográfico e fixação da placa.

Após notificações, a empresa desistiu do serviço alegando problemas financeiros, obrigando então que a administração refizesse todo processo licitatório.

Ao justificar os valores apresentados no projeto, o prefeito Ernaldo César Marcondes (MDB) comentou à época que “o projeto inclui muita coisa, principalmente arborização, remoção de postes que estão fora do eixo da via, então é um projeto caro mesmo”.

Saae – Antes que seja efetuada a ordem de serviço, o Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) iniciou na semana passada um trabalho de preparação para obra de revitalização. De acordo com o diretor da autarquia, João Marcos Guimarães, antes mesmo de iniciar o projeto, foi acertado que a rede de água fosse substituída.

As obras do Saae foram licitadas paralelamente, e os valores empenhados, aproximadamente R$ 600 mil, são provenientes de recursos próprios do órgão. “Nós ficamos com a primeira etapa porque quando a Prefeitura elaborou esse projeto, conversamos e fizemos o levantamento da rede de água, e foi constatada a necessidade de troca, e por isso aproveitamos que vai iniciar a revitalização e providenciamos essa mudança”, explicou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>