Após corte, João Doria libera R$ 63 milhões para projetos de estancias turísticas da região

Metade do montante é destinada ao Litoral Norte; Prefeitura de Aparecida planeja construção de Parque Urbano Municipal

Lucas Barbosa
Região

Governador João Doria, que repassou nova verba para turismo (Foto: Jéssica Dias)
Governador João Doria, que repassou nova verba para turismo (Foto: Jéssica Dias)

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), liberou na última semana R$ 360 milhões para que setenta municípios, reconhecidos como estâncias turísticas, invistam em obras e projetos para melhor receberem seus turistas. A medida garantiu que a RMVPLN (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte) fosse contemplada com cerca de R$ 63 milhões.

Publicada no Diário Oficial do último dia 22, a lista das estâncias beneficiadas conta com 15 municípios da região.

A maior fatia ficou com as cidades do Litoral Norte. Enquanto Caraguatatuba e São Sebastião receberam pouco mais de R$ 10 milhões cada, Ubatuba foi beneficiada com R$ 6,2 milhões e Ilhabela com R$ 4,1 milhões.

De acordo com a Prefeitura de Caraguatatuba, parte dos recursos será utilizado nas obras de revitalização da praça Diógenes Ribeiro de Lima, no Centro, e da praça do Artesanato Antônio Fachini, no Martim de Sá. Já o restante do repasse será aplicado em melhorias na trilha de acesso do farol do Morro da Prainha e na reforma e ampliação do píer de pesca do Camaroeiro. “As obras são de vital importância para o turismo e geração de emprego da cidade. Agradeço ao Governo do Estado, em especial o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, que prontamente nos atendeu e viu a importância destes projetos para o município”, comemorou o prefeito Aguilar Junior (MDB).

Principal integrante do Circuito Turístico Religioso do Vale do Paraíba, e com uma média anual de 13 milhões de visitantes, Aparecida recebeu pouco mais de R$ 3,2 milhões.
Em nota oficial, a Prefeitura de Aparecida revelou que o montante será investido na construção do Parque Urbano Municipal, que será localizado na área do antigo estádio municipal Vicente de Paula Penido. O local contará com concha acústica, pistas de caminhada e de skate, playgrounds, setor administrativo e área verde.
Também inserida no “Circuito da Fé”, Guaratinguetá, que abriga o Santuário de Frei Galvão, foi contemplada com R$ 4,4 milhões.

Com seu setor turístico voltado à gastronomia, belezas naturais e o artesanato, Cunha foi contemplada com R$ 2,6 milhões.

Segundo a Prefeitura de Cunha, os recursos serão aplicados no calçamento da estrada que liga o município à Silveiras, modernização do Parque Lavapés, implantação de um sistema coletor de esgoto no Vila Rica, construção de estacionamento e um deck-mirante no Centro.
As demais verbas estaduais foram encaminhadas para as estâncias turísticas de Campos do Jordão (R$ 4,9 milhões), Tremembé (R$ 3,3 milhões), São Luiz do Paraitinga (R$ 2,6 milhões), São Bento do Sapucaí (R$ 2,6 milhões), Bananal (R$ 2,6 milhões), São José do Barreiro (R$ 2,5 milhões) e Atibaia (R$ 357 mil).

A reportagem do Jornal Atos solicitou às prefeituras de Guaratinguetá e Ubatuba informações sobre em que obras e projetos seriam utilizados os repasses estaduais, mas nenhuma resposta foi encaminhada até o fechamento desta edição.

Estado – O Atos também indagou o Governo do Estado sobre qual a relação dos recursos liberados com os dos 176 convênios de infraestrutura turística cancelados por Doria no último dia 19, mas a assessoria da secretaria de Desenvolvimento Regional não soube responder à questão.

De acordo com a nota oficial da Prefeitura de Caraguatatuba, dos pouco mais de R$ 10 milhões recebidos na última semana, R$ 7,7 milhões são referentes ao convênio que havia sido cortado. O restante é proveniente de outra verba estadual que anualmente é repassado às estâncias turísticas de São Paulo.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>