Prisões de envolvidos no tráfico de drogas e apreensões de entorpecentes crescem na região

Polícia retira de circulação 3,9 toneladas de entorpecentes; Estado destaca atuação das forças de segurança

Apreensões em megaoperação no Litoral Norte; região tem aumento de prisões e material detido (Foto: Divulgação PC)

Lucas Barbosa
RMVale 

Dados divulgados pelo Governo do Estado na última segunda-feira (28) revelam que a RMVale (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte) registrou um aumento de 25% na quantidade de drogas apreendidas nos primeiros oito meses deste ano em comparação ao mesmo período de 2019. Já o número de prisões por tráfico de entorpecentes cresceu 8%.

De acordo com o levantamento da secretaria de Segurança Pública, as corporações policiais apreenderam 3,9 toneladas de drogas entre janeiro e agosto na região. O montante supera em oitocentos quilos a quantidade retirada de circulação na mesma época de 2019, que foi de 3,1 toneladas.

Apesar de não detalhar quanto foi apreendido em cada uma das 39 cidades da RMVale, o levantamento informa que 1.893 criminosos foram presos por tráfico de entorpecentes em 2020, 151 registros a mais do que no ano passado, que foi de 1.742.

Uma das principais apreensões na região ocorreu em 6 de julho, durante uma megaoperação da Polícia Civil em três municípios do Litoral Norte. Na ação, os policiais localizaram cerca de oitenta quilos de drogas, entre maconha, cocaína e LSD, em imóveis distribuídos por Caraguatatuba, São Sebastião e Ubatuba. Na ação, 16 pessoas foram presas em flagrante e três armas de fogo recolhidas.

Em nota oficial à imprensa regional, a secretaria estadual atribuiu o aumento de apreensões de entorpecentes à eficiência do trabalho investigativo da Polícia Civil e das bem-sucedidas ações ostensivas da Polícia Militar. A pasta destacou também o apoio dado pelo Baep (Batalhão de Ações Especiais da Polícia) em operações de combate às quadrilhas de traficantes que atuam na RMVale.

Estado – De acordo com o levantamento do Estado, foi contabilizado nos primeiros oito meses de 2020 a apreensão de 193,7 toneladas de entorpecentes no estado. A quantidade supera em 62% a recolhida no mesmo período do ano passado, que foi de 119,4 toneladas.

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?