Novembro é mês mais violento de 2020 na RMVale

Assassinatos no penúltimo mês do ano superam em 71% os números de 2019; Cruzeiro é a cidade com mais vítimas

Viaturas da Polícia Militar que atuam na região; novembro tem o maior índice de violência na RMVale (Foto: Arquivo Atos)

Lucas Barbosa
RMVale 

Dados divulgados pelo Governo do Estado na última segunda-feira (28) revelaram que novembro foi, até o momento, o mês mais violento do ano na RMVale (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte). Terceira cidade com mais assassinatos em 2020, Cruzeiro liderou o número de casos em seu penúltimo mês.

De acordo com o levantamento da SSP (secretaria de Segurança Pública do Estado), a RMVale teve 41 moradores mortos de forma violenta em novembro, sendo quarenta vítimas de homicídios dolosos (quando existe a intenção de matar) e uma de latrocínio (roubo seguido de morte). O montante é 13% superior ao registrado em março, segundo mês mais sangrento deste ano, quando 36 pessoas foram assassinadas.

Já no comparativo com novembro de 2019, quando ocorreram 24 casos, a situação é ainda mais crítica, atingindo um aumento de 71%.

Com oito moradores assassinados no penúltimo mês deste ano, Cruzeiro enfrenta, de acordo com a Polícia Civil, uma disputa entre quadrilhas rivais pelo controle do tráfico de drogas na cidade. O último caso de novembro ocorreu no dia 22, quando um homem de 37 anos foi morto, com quatro tiros na cabeça, após ser abordado por dois jovens numa motocicleta em uma via do bairro Vila dos Comerciários.

O número de registros é 166% superior ao do mesmo mês de 2019, que teve três vítimas.

As outras quatro cidades da região que tiveram mais mortes violentas em novembro são: Caraguatatuba (7), Guaratinguetá (7), Taubaté (5) e Pindamonhangaba (4).

Os demais municípios que registraram assassinatos no mês foram: Caçapava (3), Campos do Jordão (1), Jacareí (2), Lorena (2) e São José dos Campos (2).

Anual – Segundo a SSP, a RMVale contabilizou 317 moradores assassinados entre janeiro e novembro deste ano, entre eles 309 de homicídios dolosos e oito de latrocínios. O total é apenas 0,3% maior do que o do mesmo período de 2019, que teve 316 casos, sendo 313 homicídios dolosos e 13 latrocínios.

Líder do “ranking da morte”, Jacareí registrou 38 vítimas de assassinato. Na segunda colocação, aparece São Jose dos Campos com 33 ocorrências.

Fechando a lista das cinco mais violentas, estão Cruzeiro (32), Taubaté (27) e Caçapava (26).

As outras cidades da RMVale que tiveram casos nos primeiros 11 meses de 2020 foram: Aparecida (1), Areias (1), Cachoeira Paulista (5), Campos do Jordão (6), Cunha (3), Guará (25), Igaratá (1), Ilhabela (3), Lagoinha (2), Lavrinhas (2), Lorena (21), Natividade da Serra (1), Paraibuna (2), Pinda (22), Potim (3), Roseira (3), Santa Branca (1), São Bento do Sapucaí (1), São Luiz do Paraitinga (3), São Sebastião (6), Silveiras (1), Tremembé (6) e Ubatuba (17).

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?