Megaoperação desmantela quadrilha de traficantes no Litoral

Polícia Civil prende 16 criminosos em três cidades praianas; drogas apreendidas são avaliadas em quase meio milhão

Drogas, armas e materiais apreendidos em operação no Litoral Norte; investigação de sete meses da Polícia Civil (Foto: Divulgação)

Lucas Barbosa
RMVale 

Após sete meses de investigação, a Polícia Civil de São Sebastião deflagrou uma megaoperação na última segunda-feira (6) contra uma quadrilha de traficantes de drogas que atuava em três cidades do Litoral Norte. Além de prender 16 criminosos, a ação resultou na apreensão de uma quantia de entorpecentes avaliada em quase R$ 500 mil.

Comandada pela Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) de São Sebastião, a operação contou com a participação de cerca de 160 policiais civis de diversas delegacias da RMVale (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte).

Ao todo, foram cumpridos 43 mandados de busca e apreensão, distribuídos por endereços em Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba. Nos imóveis, foram apreendidas duas armas de fogo, 76 quilos de maconha e 3052 mil micropontos de LSD (ácido lisérgico) e MDMA (metanfetamina). Enquanto a erva apreendida é avaliada em cerca de R$ 125 mil, as drogas sintéticas possuíam um valor de mercado de até R$ 350 mil.

Poucas horas após o fim da operação, a Justiça bloqueou bens, como carros e motocicletas, e aproximadamente R$ 30 mil da conta bancária de um homem apontado como líder da quadrilha.

De acordo com a Dise, os 16 presos na operação integravam uma facção responsável pela comercialização de entorpecentes no Litoral Norte e no abastecimento de diversas cidades do Vale do Paraíba.

Encaminhado à Delegacia de São Sebastião, o grupo aguarda transferência para alguma unidade estadual de CDP (Centro de Detenção Provisória), onde aguardará o julgamento. Além de tráfico de drogas, os criminosos responderão por formação de quadrilha, podendo ser condenados até 18 anos de prisão.

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?