Além de feminicídios, estupros seguem preocupando a região

Em Aparecida, prisão de acusado por crimes cometidos neste ano, voltou a dar destaque para crimes contra mulheres e vulneráveis; garota de 14 anos e jovem foram vítimas em março e agosto

Número de estupros seguem aumentando na região; até o momento foram registrados 128 casos até agora (Foto: Aquivo Atos)
Número de estupros segue aumentando na região; até o momento foram registrados 128 casos até agora (Foto: Aquivo Atos)

Leandro Oliveira
Região

O número de estupros registrados na RMVale sofreu redução de 6%, na comparação feita entre os meses de janeiro e agosto deste ano com o mesmo período do ano passado. Mas os casos de estupro de vulneráveis tiveram alta de 3,8% no mesmo comparativo. Nesta semana a Polícia Civil de Aparecida prendeu um homem, acusado de ter estuprado uma jovem de 14 anos neste ano. O acusado responde por outro crime da mesma natureza.

De acordo com a secretaria de Segurança Pública do Estado, em toda a região no ano passado, foram registrados 181 estupros e 534 estupros de vulneráveis. Só entre janeiro e agosto de 2018, foram 128 e 344 casos, respectivamente. Neste ano as ocorrências bateram 120 e 357 casos, de forma respectiva, nos primeiros oito meses.

Aparecida é uma das cidades do Vale que apresentam queda nos dois índices. Foi registrado um estupro e três estupros de vulneráveis neste ano. No mesmo período, em 2018, foram três e seis ocorrências, respectivamente. Dos quatro estupros totais neste ano, a Polícia Civil chegou ao principal suspeito de ter cometido dois deles. O primeiro deles contra uma menor de idade, em março. “São dois casos que ocorreram, um no dia 19 de março e outro recentemente, no dia 11 de agosto. No primeiro houve uma vítima adolescente e no segundo contra uma moça maior de idade. Após os fatos, demos início as investigações. Conseguimos identificar o autor desses crimes. Fizemos várias diligências, monitoramento por câmeras, quebras de sigilo, mandado de busca e reconhecimento fotográfico e pessoal, que resultou na identificação desse autor”, afirmou o delegado Paulo Castilho.

O acusado tem 27 anos e é morador de Aparecida. A prisão dele aconteceu na última semana. A Polícia Civil investiga se ele tem envolvimento em outros casos de estupro na cidade ou na região. Além das ocorrências ligadas aos crimes sexuais, o detido já respondeu pelo crime de importunação. Ele permanece preso temporariamente em Lorena. “Se a prisão preventiva for decretada, ele deve ir para Potim ou para Tremembé. Vai para algum presídio mesmo”.

Histórico – De acordo com o delegado, o primeiro estupro registrado aconteceu no bairro Santa Rita, nas proximidades da Rodovia Presidente Dutra. A segunda ocorrência foi em uma ponte que dá liga as cidades de Aparecida e Potim. O delegado negou que casos como esse sejam comuns na região. A Polícia Civil utilizou imagens de monitoramento para chegar ao autor dos crimes.

Outro caso recente foi registrado em Guaratinguetá, onde um homem, de 33 anos, suspeito de uma tentativa de estupro, foi preso na noite da segunda-feira, na avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira, no Campo do Galvão. Ele foi flagrado com uma ampola com sedativo em seu carro.

O crime teria acontecido no bairro Jardim do Vale, onde, de acordo com a Polícia Militar uma jovem de 19 anos, foi abordada pelo motorista de um Ford Fiesta com placas de Lorena, por volta das 22h.

O motorista estaria se masturbando enquanto conversava com ela. Ao perceber, a vítima tentou fugir, mas foi segurada pelo braço. Ela só conseguiu fugir após dar um soco no acusado, identificado com auxílio do COI (Centro de Operações Integradas)

Flagrado na JK de Oliveira, ele foi detido com uma ampola de Midazolam (medicamento usado para insônia), uma seringa com um líquido branco e um frasco com óleo. Reconhecido pela vítima, ele foi levado ao Plantão Policial, mas foi liberado após ser ouvido.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

× Como posso te ajudar?