Soliva, Yasumura e vereadores são empossados em Guará

Primeiro dia do ano tem lista de prioridades, mudanças no governo e eleição de Arilson Santos para presidência da Câmara

O presidente eleito, Arilson Santos, em conversa com Soliva e Yasumura, na posse (Foto: Leandro Oliveira)

Leandro Oliveira
Guaratinguetá

Marcus Soliva (PSC) e Régis Yasumura (PL) foram empossados para o segundo mandato à frente da Prefeitura de Guaratinguetá. A dupla, que ampliou o eleitorado, na comparação entre 2020 e 2016 em quase oito mil votos, assume a responsabilidade de conduzir o município por mais quatro anos. Saúde, infraestrutura e finanças são prioridades iniciais, de acordo com o prefeito, que acompanhou a posse dos 13 vereadores da cidade.

Durante discurso nesta sexta-feira (1), Soliva ressaltou que, diferente de quatro anos atrás, poderá iniciar um novo mandato sem preocupações deixadas, segundo ele, pelos antigos prefeitos. Na lista de prioridade da Prefeitura estão o comprometimento com recursos públicos, o combate à Covid-19 e a manutenção da saúde, além da infraestrutura urbana.

Durante entrevista após o evento de posse, o prefeito ditou por onde deve iniciar a nova administração. “A gente passa para um novo quadriênio com uma situação financeira mais organizada, menos endividada”, afirmou. “Cumprimos a nossa missão de organizar a Prefeitura nesses quatro anos passados e, mesmo assim, realizando muitas obras. A missão dada pela população nessa continuidade é de dar sequência ao desenvolvimento da cidade e quebrar o paradigma de que segunda gestão é sempre inferior a primeira. Vamos fazer o contrário, melhor que a primeira”.

No grupo de secretários municipais, Marcus Soliva confirmou duas mudanças de início, com a saída de Daniel Oliveira da secretaria de Governo, que terá João Vaz como secretário. Outra mudança é a ida do então subsecretário de Saúde, Saluar Magni, para chefiar a secretaria de Administração, até então comandada por Adhemar Santos, que agora fica à frente apenas da secretaria da Fazenda, função que acumulava no primeiro mandato.

Na mesma noite, os vereadores definiram a mesa diretora para os próximos dois anos. A Câmara de Guaratinguetá terá Arilson Santos (PSC) como presidente, Danielle Dias (PSC) como primeira vice-presidente, Rosa Filippo (PSD), segunda vice, Nei Carteiro (MDB), primeiro secretário, Alexandra (PL), segunda secretária e Vantuir Faria (MDB), terceiro secretário. A formação do grupo foi definida após votação. Os seis vereadores ocupam as funções por dois anos.

“A gente sabe que a Câmara não está passando um momento confortável. A gente tem essa visão e precisamos da colaboração e entendimento de todos os vereadores porque não vai ser fácil. Porém, início de mandato, cinco vereadores novos que se elegeram pela primeira vez, a qual eu faço parte, tenho certeza de que os ânimos se exaltaram após uma disputa. Mas tenho certeza de que, voltando as sessões, tudo isso vai se reestabelecer. Eu vim numa missão de apaziguar”, contou o novo presidente da Casa.

Em 2 de fevereiro, os vereadores abrem as sessões de 2021 com a formação das comissões permanentes.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?