Santa Casa lotada leva Thales a regredir Cruzeiro para fase vermelha do Plano SP

Decisão embasada no aumento de casos e internações por Covid-19; Cachoeira Paulista e São José dos Campos também optaram pelo retorno da fase vermelha

Leitos entregues no ano passado, que hoje, somam aos também ocupados na cidade (Foto: Reprodução PMC)

Thales Siqueira
Cruzeiro

A Prefeitura de Cruzeiro divulgou que a partir da próxima segunda-feira (18), o município irá regredir à fase vermelha do Plano São Paulo devido ao aumento de casos e internações por Covid-19. A cidade se junta a Cachoeira Paulista e São José dos Campos que já haviam optado pelo retorno à etapa mais restritiva do plano de flexibilização, em que a maior parte do setor de comércio e serviços deverá permanecer fechada.

Embora o governador João Doria (PSDB) tenha decidido retroceder a região da RMVale (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte) da fase amarela para a fase laranja, o prefeito Thales Gabriel Fonseca (PSD) optou por recuar diretamente à fase vermelha.

A decisão foi anunciada, na noite desta sexta-feira (15), levando em consideração a situação do município e das cidades da região do Vale Histórico, que estão com uma taxa elevada na ocupação de leitos da UTI (Unidade de Terapia Intensiva). “Não só a cidade de Cruzeiro, mas a grande maioria das cidades do Vale Histórico também estarão em fase vermelha, ou seja, todas as cidades que encaminham os seus pacientes para o nosso hospital também adotarão as mesmas medidas que a cidade de Cruzeiro, trazendo uma uniformidade de procedimentos”, frisou Gabriel.

De acordo com o novo decreto, Cruzeiro estará até o dia 31 de janeiro na fase vermelha do Plano SP. Com a mudança, apenas serviços essenciais poderão funcionar. Bares, restaurantes, academias, salões de beleza, barbearias devem ser fechados.

Casos – Na última segunda-feira (11), Cruzeiro apresentava 1.384 casos confirmados, 143 pacientes em isolamento domiciliar, 3 internados em clínica médica, 7 internados na UTI, 212 pessoas aguardando resultados de exames. Já, no último boletim epidemiológico divulgado na sexta-feira (15), a cidade apresentou 1.581 casos confirmados, 272 pacientes em isolamento domiciliar, 9 internados em clínica médica, 6 internados na UTI, 256 pessoas aguardando resultados de exames.

Vale Histórico – Apesar da declaração do prefeito, até o fechamento desta edição nenhuma prefeitura das cidades do Vale Histórico manifestou sobre o endurecimento da quarentena e a ida para a fase vermelha.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?