RMVale tem aumento de 166% no número de casos confirmados de Covid-19 e ultrapassa Grande São Paulo

Levantamento feito pela secretaria de Saúde do Estado aponta índice preocupante com avanço do novo coronavírus e queda no isolamento

Paciente recuperado da Covid-19; região tem aumento de 166% de casos (Foto: Reprodução)

Marcelo Augusto dos Santos
RMVale

Um levantamento feito pela secretaria de Saúde do estado de São Paulo mostra que a RMVale (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte) teve um aumento de 166% em casos confirmados do novo Coranavírus.

Durante o período de 30 de abril a 8 de maio, o índice foi maior do que da RMSP (Região Metropolitana de São Paulo), que teve 108%. Ao todo foram 50.445 confirmados.

Na RMVale, o número passou de 572 casos confirmados para 1.522. Segundo o Estado, o aumento foi superior à da capital em todas as 15 regiões administrativas paulistas, o que mostra um crescimento exponencial da doença no interior paulista.

“É hora de compreendermos a gravidade das circunstâncias que o Brasil e São Paulo estão enfrentando na pior fase do coronavírus desde a sua chegada”, frisou o governador João Doria (PSDB).

As cidades com maior números são: São José dos Campos (578), São Sebastião (320) Jacareí (123) Caraguatatuba (120) e Taubaté (81) seguem a ordem. Na região, 31 das 39 cidades já possuem casos confirmados, entre elas, Lorena com 39 confirmações e três mortes, Pinda (38 registros e 3 óbitos), Ubatuba (45 casos e 1 morte), Guaratinguetá (36 confirmações e 1 óbito) e Cruzeiro (16 casos e 2 mortes).

Isolamento: O isolamento em todo o estado vem ficando abaixo da média estipulado pelo governo, que é de 50%. Nos últimos 14 dias o índice ficaram na casa dos 48%.

As duas maiores cidades São José dos Campos (48%) e Taubaté (47%) ficaram abaixo do nível estipulado pelo governo de João Doria (PSDB). Guaratinguetá também amarga esse resultado negativo com 49%.

Os melhores municípios segue sendo São Sebastião (64,5%) e Ubatuba (65,5%). Já Cruzeiro (51%), Caraguatatuba (50%), Pindamonhangaba (52%) e Lorena (55%) atingiram a meta, mas também vem mostrando queda no levantamento, apresentando 52%, 51%, 49% e 47% respectivamente.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?