Com apenas 46 votos de diferença, Silvana Zanin é eleita a primeira mulher a governar Canas

Escolhida por 1.108 eleitores, ela devolve poder a grupo que teve Rinaldo Zanin à frente da cidade até 2015; Câmara é renovada em 44%

Silvana Zanin, primeira mulher a governar Canas; eleita com 35,44% dos votos (Foto: Reprodução)

Da Redação
Canas

Em uma das disputas mais acirradas do estado, Silvana Zanin (PDT), foi eleita prefeita de Canas neste último domingo (15) com apenas 46 votos a mais do que o segundo colocado, Gustavo Lucena (PTB). Ela será a primeira mulher a comandar a cidade.

Esposa do ex-prefeito, Rinaldo Zanin, o Naldinho (PDT), que teve seu mandato cassado em 2015 pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) por abuso de poder econômico e político, Silvana superou os seus adversários ao obter 1.108 votos, correspondendo a 35,44%. Ela terá como vice-prefeita, a funcionária pública Anália da Silva.

Já Lucena, foi escolhido por 1.062 moradores, atingindo 33,97%. Na última colocação, o atual vereador, Ricelly Isalino (PSDB), recebeu 956 votos, alcançando 30,58%.

Em contrapartida, 77 moradores votaram nulo, totalizando 2,37%, e outros 43 em branco, referente a 1,33%.

Na manhã desta segunda-feira (16), Silvana, que é professora e tem 53 anos, postou em sua página no Facebook uma mensagem aos eleitores. “Quero agradecer a cada um de vocês, que estiveram ao meu lado incansavelmente, aqueles que lutaram por mim, me defenderam e acreditaram na minha capacidade de administrar a cidade. Fizemos uma campanha limpa, porta a porta, expondo nossas ideias e propostas”.

De acordo com o Cartório Eleitoral de Lorena, responsável pela coordenação do pleito na cidade vizinha, não foram registrados crimes eleitorais em nenhum dos 11 colégios eleitorais de Canas.
Nova Câmara – Mais votado neste pleito, o atual presidente da Câmara, Lucimar do Amaral (PSD), foi um dos quatro vereadores reeleitos, ao conquistar 132 votos. Os demais parlamentares que cumprirão mais um mandato serão: Laerte Zanin (PTB) que obteve 113 votos, Mauro Lopes (Republicanos) 101 e Mira (PSDB) 82.

Já as demais cinco cadeiras serão renovadas por: Nando (PDT) 121 votos, Téo (PTB) 92, Chico Mineiro (91), Alceu Junior (MDB) 84 e Edison Nenê (MDB) 66.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?