Política a conta-gotas…

Roupa nova

Thales Gabriel Fonseca

A readequação de algumas secretarias ‘chaves’ da administração pública de Cruzeiro está entre as principais metas para o início dos próximos quatro anos do prefeito Thales Gabriel.

A escolha certa para o Turismo – pasta que rendeu muitos dividendos no primeiro mandato; a Saúde, onde ele pretende maior integração com os moradores; e a Educação, que deverá ser ainda mais incrementada, serão as bases de lançamentos de projetos que visam alavancar o município para o futuro.

Missão possível

O prefeito eleito de Cachoeira Paulista, Antonio Mineiro, procura meios para reabrir a maternidade da Santa Casa e garantir um super tratamento às gestantes. Parece pouco, perto do muito que precisa fazer em termos de Saúde Pública, mas é tudo que a população mais pede e ‘entra prefeito, sai prefeito’, e ninguém faz. Mas agora, é a hora e a vez do Mineiro – e a população acredita nele!!!

Não convidem para…

…a mesma picanha – o vereador Marcelo Coutinho – o Celão e a vereadora eleita Dani Dias, mesmo que o churrasqueiro seja o prefeito Marcus Soliva e o assunto principal do encontro for a eleição da próxima presidência da Câmara de Guaratinguetá.

Perguntar não ofende

Quais serão os prováveis opositores ao prefeito eleito de Lorena, Sylvio Ballerini? Será que os “baba ovo” de hoje que serão os atiradores do amanhã? Pelo que corre nas esquinas da cidade, por serem muitos passageiros para apenas um ônibus, dá pra se imaginar a gritaria dos que ficarem do lado de fora!

E por falar em secretariado

Sylvio Ballerini

Não precisa andar muito em Lorena para cruzar com cientistas políticos tentando antecipar nomes do futuro governo de Sylvio Ballerini.

Fulano vem de fora, sicrano vai para tal secretaria, aquele não terá espaço, outro já está dentro… Muito barulho de ‘latas vazias’ ainda vão rolar até o próximo dia 10, quando o próprio prefeito eleito informou que anunciará boa parte da equipe.

Surpresas positivas para alguns e negativas para outros devem rolar na virada do ano em ocasião da posse, onde quem pensava estar no time, vai se ver fora, e outros na reserva!

Melhor de três, ou de duas?

A semana terminou com três candidaturas focadas na futura presidência da Câmara de Lorena se digladiando nos bastidores. Fabio Longuinho (com 4 votos) segue em queda de braços contra Mauro Fradique, também com 4 votos e contando com apoio ‘indiscreto’ de 2 vereadores do grupo dos sete, eleitos no palanque de Marietta. Comenta-se que Elcinho declinou sua candidatura para não rachar ainda mais o bloco pro Sylvinho. Façam suas apostas…

Visibilidade

Regis Yasumura

Férias pra um, trabalho para outro. Este é o recado que o vice de Guará, Regis Yasumura, está passando ao vistoriar as obras, dar plantão de atendimento na Prefeitura e manter a política do bom relacionamento com os vereadores, durante o curto período de férias do prefeito Marcus Soliva.

Com tinta na caneta para executar e determinar o dia a dia da máquina pública, Regis adianta parte dos ajustes para o segundo mandato sem perder o foco de 2022, quando poderá sair a campo em busca de vaga na Assembleia Legislativa.

Ritmo acelerado

Ricardo Piorino

O vice-prefeito Ricardo Piorino assumiu a Prefeitura de Pinda esta semana, com toda adrenalina que lhe é peculiar, enquanto Isael Domingues descansa e recupera o fôlego para o novo mandato.

Entre gabinete, obras e medidas estratégicas para os próximos quatro anos, Piorino recebeu o secretário estadual de Justiça e Cidadania, Dr. Fernando José da Costa, para liberação de 570 regularizações de imóveis.

A oposição ficou ‘possessa’ quando soube da festa que as famílias da Vila São Benedito fizeram pela conquista que há muito esperavam. Teve até gente chamando o vice de “Piorino Noel”…

Contra-ataque

Com predominância governista na futura Câmara de Pinda, os dois ou três vereadores eleitos em 15 de novembro – que respiram oposição – pensam em ‘dificultar a vida’ do prefeito no que for possível. Experiente em ‘bolada nas costa’ – dos próprios aliados – Isael fecha a guarda e aposta no bom senso da maioria sem seus projetos vindouros. Ah! Chegou no ‘serviço de escuta’ do Palácio de Vidro que Vela, Nobertinho e o Locutor já estão mantendo ‘altas conversas’…

Pegando de pau

Quem diria que ‘até pauladas’ seriam incluídas a lista de catástrofes da atual gestão frente à Prefeitura de Aparecida. Improbidades, afastamento de prefeito, interferência da Justiça, ordem de distanciamento do ‘primeiro-damo’ da Administração e, entre outros, pauladas. Pelo menos este último item foi o que movimentou a cidade e a polícia esta semana, quando ‘alguém’, motivado pela exoneração de sua esposa, foi tirar satisfação com o secretário de Administração e decidiu acertar as coisas literalmente à base de pauladas. Pior que acompanhado de um futuro vereador. Perguntem ao André Monteiro!!!

Oposição encolhida

A batalha das urnas de 15 de novembro, em Silveiras, deixou claro à população o encolhimento da oposição frente as questões de políticas públicas. Enquanto os governistas, depois de 4 anos de reconstrução do município, Guilherme sagrou 70% dos votos, contra 29% de Renata Fonseca – candidata que acolheu o que sobrou da era Mota – refletindo em 6 vereadores governistas com apenas 3 oposicionistas. Os resultados também aponta que 25% dos eleitores – entre abstenções, brancos e nulos – precisam ser reconquistados.

Nova Câmara com…

…90% favorável Para os próximos quatro anos, o prefeito Guilherme Carvalho deve governar com apoio de 8 dos 9 vereadores na Câmara, seis deles eleitos entre os partidos de sua base e outros dois da oposição, que admitem ‘discretamente’ apoiar as iniciativas da Prefeitura. Provavelmente, por entenderem que não dá para ir contra 70% dos eleitores que disseram sim ao trabalho de Guilherme.

E por falar em…

…oposição A Justiça negou provimento e pediu arquivamento de uma ação pretendida pelos ainda vereadores de oposição desta legislatura, denunciando o prefeito Guilherme Carvalho pela demora em responder requerimentos do ‘quarteto’ Luiz Felipe Cardoso, Marco Aurélio, Carlos do Nézio e Dirce. Talvez seja por isso que dos quatro, apenas um sobreviveu ao crivo das urnas para a próxima legislatura.

E por falar em Câmara…

…o Tribunal de Contas aprovou a gestão de 2016 frente ao Legislativo de Silveiras, casualmente presidido por Guilherme Carvalho. De acordo com os políticos locais, mais uma referência de que seriedade acompanha o gestor em todas os níveis, Câmara e Prefeitura; ou seja, é honesta numa, será na outra…

Tranquilidade

Cruzeiro é um dos raros municípios da Região Metropolitana onde o prefeito tem previsão de administrar com 90% do Legislativo. Thales Gabriel, que reserva para seu segundo mandato a fase de projetos para o fomento econômico do município e de políticas sociais, vislumbra o importante apoio da Câmara.

Dez milhões!!!

Erica Soler

A prefeita de Potim, Erica Soler, comemorou esta semana a liberação de dois projetos importantes – via Fehidro – que injetará R$ 10 milhões para aplicar no esgoto do município e mais R$ 400 mil para ecoponto.

Além destas conquistas, sua administração cumpre os últimos procedimentos para contratação de uma empresa para resolver definitivamente o problema da qualidade da água na cidade.

Apertem os cintos…

…o prefeito, quer dizer, o piloto sumiu!!! É voz corrente pelas esquinas da cidade que o eleito para os próximos quatro anos terceirizou a escolha dos titulares e das principais secretarias, enquanto tirou uns dias de férias…

Efeito maçarico

Que não se engane o professor: o homem, ou melhor, o vereador que incendiou os colegas de Câmara nos quatro últimos anos está ativo e operante para a próxima legislatura.

Em Alta

Potim – A prefeita Erica Soler (PL) que anunciou esta semana que do projeto de R$ 16 milhões para implantação do esgoto no município, R$ 10 milhões já estão garantidos através do Fehidro. A segunda boa notícia foi que o mesmo órgão liberou mais R$ 400 mil para o projeto do Ecoponto, que deverá envolver toda a população. E para fechar sua gestão com ‘chaves de outro’, informou que um de seus importantes projetos estão relacionados em ações de apoio aos adolescentes e construção de mais uma escola de período integral, para atender alunos de 5º ao 9º ano.

Em Baixa

Aparecida – A Prefeitura, que protagonizou mais uma cena deprimente na cidade. Um desentendimento ou falta de compreensão terminou com agressão física esta semana. Um popular da cidade, acompanhado por um dos vereadores eleitos, procuraram a prefeita Dina Moraes para obter explicações sobre a exoneração sumária de uma funcionária do SAEE. A falta de diálogo terminou em vias de fato: o secretário de Administração foi seriamente agredido a pauladas pelo morador. O caso foi parar na Polícia para as providências de fato, e o episódio contado em cada esquina.

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?