Política a conta-gotas…

Confronto

Argus Ranieri (MDB)

Tornou-se público e notório, em Guará, que o tri-candidato a prefeito Argus Ranieri (MDB) não está se dando bem no confronto com Marcus Soliva quando tenta abalar sua imagem juntos aos eleitores, principalmente nos debates.

Observaram que todas as vezes que ele tenta ‘espetar’ o prefeito com suas críticas e ataques, recebe de Soliva a lembrança de sua falta de consistência e experiência administrativa.

No debate desta semana, o emedebista teve de ouvir que faz 20 anos em que tenta se estabelecer na vida pública e não consegue…

E por falar em Argus…

…ele deverá ‘empurrar o carro alegórico’ para fazer quatro cadeiras novamente na futura Câmara de Guará. Na projeção dos matemáticos da Praça, Marcus Soliva deverá eleger três pelo PSC e um pelo PL, enquanto Junior Filippo preenche outras duas. Nestes cálculos, a décima primeira cadeira estará à mercê de algum partido ‘satélite’ por conta da representatividade.

Reta final

Na contagem regressiva das eleições, Junior Filippo (PSD) segue abraçando os eleitores e usando as redes sociais com sua vice, Márcia Amoroso, para tentar superar o ‘efeito presente’ da administração Marcus Soliva. Paralelo a isso, o mercado político de Guará movimenta apostas de que o candidato do PT, Dr. João Carlos, deve ultrapassar Argus Ranieri (MDB) na reta final. Só vivendo pra ver…

Maré mansa

Corre na boca pequena de Potim que o índice de ânimo dos governistas com a campanha está ‘tão alto’, que ambicionam fazer das 11 vagas na Câmara, uma bancada de dez para apoio à prefeita Erica Soler. A suspeita de boa parte da população é que a eleição de 15 de novembro já está definida no município. Perguntem ao Mateuzão!!!

Propaganda enganosa

Comenta-se pelas esquinas da Principal de Lorena que o efeito 2012 pode estar se repetindo nesta temporada eleitoral, a da falsa aparência. A cada cem entrevistados questionados sobre quem poderá ganhar a eleição, sessenta acham que será o ‘bonzinho’, mas quando a pergunta é “mas você vota nele?” A resposta tem sido um sincero “não!” Da pra ver que em Lorena achar que alguém já ganhou, é não entender o eleitor lorenense…

Escolha por exclusão

Comentários nas mais diferentes rodas de Aparecida dão conta que o processo de escolha entre os candidatos à Prefeitura desta temporada levará em conta o menor índice de pendências com a Justiça. Falam também que o fator rejeição será preponderante para definição de quem vai ‘pilotar’ a futura Prefeitura “hors concours” em pendência e escândalos.

Ainda sobre Aparecida…

Celso Alves

…os candidatos à Prefeitura Celso Alves (PSDB) e Piriquito (Podemos) seguem com empate técnico, segundo pessoal da praça Benedito Meirelles. Tem gente apostando que a migração de boa parte dos eleitores do ex-prefeito Zé Louquinho para o tucano, neste últimos dias de campanha, tem possibilidades de fazê-lo chegar às urnas de 15 de novembro enxergando o concorrente pelo retrovisor.

Por antecipação

Os notáveis do Legislativo de Lorena nem ‘combinaram’ direito com os eleitores para 15 de novembro e, certos da vitória nas urnas, já estão articulando a eleição para futura presidência da Câmara. Por enquanto, Fábio Longuinho, Elcio Vieira, Bruno Lorena, Beto Pereira e, imaginem só, Marinho Fradique – o sobrinho do ‘homem do calote’ – correm em raias separadas. Conforme o andamentos das coi$as, após o pleito eleitoral eles podem unirem os trapos, digo, os interesses, para formar um novo grupão a exemplo do que se verificou nesta legislatura.

Nocaute duplo

O prefeito Fábio Marcondes comemorou com os membros da diretoria da Santa Casa de Lorena a entrega do novo Pronto Atendimento à população, totalmente remodelado e equipado ao custo de R$ 1,5 milhão, provenientes de recursos próprios. Nocaute na oposição – principalmente aos ‘inhos’ – por apregoarem malandramente e, em tom de críticas, um estado de miséria a unidade hospitalar; nocaute também em alguns profissionais de saúde que lamentavelmente puxam os interesses do hospital particular da cidade em detrimento da própria Santa Casa…

Como diz o ditado…

…quando a farinha é pouca, meu pirão primeiro. A divisão do material de campanha do candidato Argus Ranieri (MDB) virou assunto nas rodas políticas do Ponto Chique. Segundo o grito da periferia, candidatos a vereador de seu partido – considerados 1º escalão – receberam 100 mil santinhos cada um; já os postulantes do PTB – leia-se Major Gusmão, tiveram que se contentar com 40 mil santinhos por cabeça. Pior foi o pessoal do PSDB do vice Dr. Marcelo Meirelles, tidos como 3º escalão, que ganhou apenas 10 mil folhetinhos para encarar as ruas até o dia da eleição.

Campanha do coração

À Justiça Eleitoral de Pinda barrou mais uma tentativa do ex-prefeito Vito Ardito de complicar a candidatura à reeleição de Isael Domingues. Dentre as várias ações, esta ganhou destaque na política do mercadão: o Velho Guerreiro queria literalmente tirar o ‘coração’ da campanha de Isael, alegando que a ‘identidade visual’ lhe pertence, desde muito tempo atrás, quando prefeiturou em Pinda.

Em Alta

Lorena – A Prefeitura, que entregou na última quarta-feira o repaginado Pronto Atendimento Municipal, com investimento de R$1,5 milhão. Foram quatro meses de obras que culminaram em uma estrutura exemplar na região, garantindo o melhor atendimento aos pacientes que buscarem o socorro emergencial. A obra, antes questionada pela oposição, foi mais uma mostra de que um governo organizado é capaz de entregar e qualificar a saúde, mesmo em meio à pandemia.

Em Baixa

Lorena – O grupo de vereadores e (um) candidato que parece desconhecer, ou desconsiderar, a rejeição dos moradores da cidade com aquilo que a Câmara entregou nos últimos quatro anos, a ponto de já debaterem a futura disputa à presidência da Câmara lorenense, que será definida somente em 1 de janeiro de 2021. Até mesmo quem faz parte do palanque dos “ínhos” se surpreende com o discurso que estampa a falta de realidade quanto à própria posição eleitoral. As urnas dirão…

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?