Bastidores da Política

Dever de ‘casa’

Magrão
Magrão

O presidente da Câmara de Pinda, Carlos de Moura – o Magrão (PR), subiu ao pódio nesta terça-feira para devolver aos cofres da Prefeitura o valor de R$ 4 milhões, resultado da sobra do duodécimo do primeiro semestre destinado ao Legislativo.

De acordo com Magrão, parte desta economia está atrelada a um planejamento adotado na Casa para reduzir custos em  comum acordo entre administração e vereadores.

Fazendo escola
Na velocidade da informação, a devolução dos R$ 4 milhões da Câmara de Pinda à Prefeitura desperta um olhar de cobrança na especulação política de muitas cidades da região. Em Lorena, por exemplo, onde a financeiro do Legislativo vem dando a alerta vermelho, pedindo de ‘socorro’, digo, suplementação ao Executivo para o fechamento do semestre, é sinal que o atual presidente precisa se matricular na escola de ‘economia’ de seus antecessores e ‘fechar as torneiras’…
Política da soma
Tem servidores municipais comemorando a soma dos valores entre Executivo e Legislativo para o pagamento antecipado da primeira parcela do 13º salário no final deste mês em Pinda. A conta é simples: enquanto o prefeito Isael Domingues aperta ‘os cintos’ e disponibiliza R$ 10 milhões, o presidente Carlos de Moura – o Magrão, completa com a devolução de R$ 4 milhões da Câmara, os R$ 14 milhões necessários para cobrir o salário do mês acrescido do benefício antecipado.
Liga das viúvas
É voz corrente na Praça de Guará que algumas viúvas da política local estudam a possibilidade de compor um só partido político, em busca de visibilidade nas próximas eleições. O que ninguém soube precisar é se a dupla, Toninho Malvadeza e Ricardo Freire, está falando o mesmo idioma de Guilherme Braga e Fafa Sannini (que traz Rogério Barbosa de maneira subjetiva) ou trata-se de dois grupos?
Debandada tucana
Circula nas principais rodas políticas de Guará que a maioria dos tucanos do pedaço pensa deixar o PSDB, como ressaca da operação ‘Lava Jato’, que ameaça prender Aécio & Cia. Pelo que se ouve pelas esquinas, o start para debandada dos caciques do ‘ninho’ ganhou força após ameaça do Dr. Marcelo Meirelles (um dos ícones do grupo) em pedir sua desfiliação da sigla durante entrevista à jornalista Danielle Dias, caso o partido não abandone a base do governo federal no Congresso.
De olho no espólio

Marco Evangelista
Marco Evangelista

Entre a suposta crise interna do PSDB de Guará, há quem comente que o vereador Marcos Evangelista estaria disposto a concorrer o comando geral do partido.

Ah! Mas ele não é o único; disseram que um dos saudosistas franciscanos prometeu montar uma chapa só para concorrer a presidência contra ele. Seria retaliação?

Tutela antecipada
Comenta-se entre os gabinetes do Legislativo de Lorena, que temendo a desidratação do grupo (de 8 para integrantes para 4), a oposição trabalha pelos corredores da Casa em busca de votos para antecipar em um ano e meio a eleição da próxima presidência da Câmara. Isto mesmo, um ano e meio de antecedência!
Mercado livre
Parece que tem gente, ou melhor, vereador em Lorena, tentando fragilizar a visão geral do Legislativo, principalmente os governistas (em especial os de primeiro mandato) perante a população, provavelmente para passar-se por despercebido com seu estilo ‘baixo’ de fazer política. A prova disto, segundo a turma da esquina, é o condicionamento de cargos de assessoria e a pressão do poder econômico em cima dos governistas, para tentar arrastá-los para a onda do ‘mercado livre’, ou seja, “me paga que eu vou”! Vai que alguém muda de lado…
O que muitos querem saber
Quando a Comissão de Ética da Câmara de Lorena vai dar início ao processo de investigação, concernente ao conteúdo do Boletim de Ocorrência, que já deu origem a um Inquérito Policial, que versa sobre o crime de CONCUSSÃO, artigo 316 do Código Criminal? Ou não existe ‘ética’ neste atual Legislativo?
Repensando a economia…

Thales Gabriel
Thales Gabriel

…de Cruzeiro A notícia que o prefeito Thales Gabriel está viabilizando a abertura de um shopping nas instalações do antigo Café Soluvel, deu ‘up’ no comércio local.

Segundo os bem informados, a ideia é abrir espaço para 70 lojas, sendo por enquanto 2 âncoras, e pelo ‘andar da carruagem’, a lista de interessados já está surpreendendo, levando em conta que as tratativas com os investidores ainda estão na fase de projeto.

Mobilidade urbana
E por falar em Cruzeiro, o prefeito Thales Gabriel, se não assinou, está para assinar a ordem de serviço do asfaltamento da conhecida rua 4 (Nesrala Rubez) da linha férrea a Praça da Bíblia. De acordo com o pessoal do Planejamento, esta pavimentação é apenas uma mostra do que o prefeito pretende para cidade toda, para tristeza do ‘Tiozão’ que só pensa em sepultar a cidade.
Palanque democrático

Diego Miranda
Diego Miranda

Por pouco faltou espaço no palanque do governador Geraldo Alckmin, montado nesta quinta-feira em Piquete, onde o homem em pessoa foi inaugurar a Carreta da Mamografia e anunciar a liberação de recursos para as cidades. Cruzeiro foi representado pelo agora diretor de Turismo, Diego Miranda, que dividiu espaço na solenidade com Alex da Academia (suposto concorrente em 2020).

E por falar em Alex, comenta-se que ele está saindo melhor na política que no esporte e, como representante dos tucanos Rafael Goffi (Pinda) e Ramalho da Construção, na região, se faz presente em todas as programações e eventos.

Vereador assume
Rolou entre uma ‘roda’ de cafezinhos na Kero Mais de Guará, que o PMDB está mudando sua composição na Câmara. Disseram que nos gabinetes destinados ao Partido, onde circula mais ‘índios que caciques’, agora o vereador Ney Carteiro deverá assumir de fato o mandato ‘como seu’, já que o assessor Pimentel pediu sua exoneração. Esperam que desta vez o Mora Brasil deixe?!?!?
Política ‘cega’, faca amolada

Rominho Eventos
Rominho Eventos

Os vereadores de Piquete terão que ter mais que meras denúncias envolvendo festas na cidade para convencer os eleitores de que cassar o mandato da prefeita Teca Gouvêa é o melhor caminho para administração pública.

Lembrando que num filme repetido da Legislatura passada, nenhum vereador se reelegeu, exceto o Rodrigo Nunes. Com a palavra o presidente da CEI Romulo Kazinier!!!

Presença marcante

A deputada federal Pollyana Gama, que destacou o repasse de valores (Foto: Leandro Oliveira)
Pollyana Gama fala sobre a saúde da mulher durante solenidade em Piquete, observada pelo governador, no palanque em que somente os prefeitos de Canas e Piquete foram vistos

Destaque na visita do governador Geraldo Alckmin em Piquete (com o melhor discurso no palanque), a deputada federal Pollyana Gama ao lado de seu esposo, o também deputado estadual Davi Zaia (ambos do PPS) deixou seu recado convincente de apoio aos poucos prefeitos e vereadores que compareceram para os aplausos. O governador, que cumpriu agenda em Caçapava e Taubaté nesta quinta-feira, inaugurou os atendimentos da Carreta da Mamografia na cidade da prefeita Teca Gouvêa, oportunidade que liberou várias emendas parlamentares, em especial as dos deputados Vaz de Lima (PSDB) e Campos Machado (PTB).

O ponto ‘pitoresco’ da visita de Alckmin em Piquete foi o cafezinho prolongado na Padaria do ex-presidente da Câmara, Hugo Soares. Disseram que entre os assuntos que rolaram com Hugo foram relacionados a política local e estratégias para o ano que vem. Falaram também que a Teca deve ter ficado com torcicolo para não perder o governador no território adversário…

Em baixa
A Câmara de Piquete que segue a escola da Legislatura passada, tentando um processo de cassação do mandato da prefeita Teca Gouvêa (PSD). Sem um motivo relevante que seja do conhecimento da população, os vereadores votaram na abertura de Comissão de Investigação para analisar o acordo celebrado entre a Prefeitura com uma empresa para gestão da saúde municipal. Os parlamentares, mais uma vez, preferiram dramatizar a situação ao invés de investigar in loco, ou seja na própria sede do Executivo.

Em alta
A prefeita de Potim, Erica Soler (PR), que convocou o processo seletivo para contratação de professoras da educação infantil e fundamental, desassistida nos últimos governos quando a cidade sofreu com a instabilidade administrativa, da morte de Benito à série de denúncias contra Nenê. Somente quem leciona na cidade ou tem aluno estudando em uma escola municipal sabe o quanto o concurso era esperado para ajudar a recuperar a educação potinense. A urgência é tanta que as inscrições encerram no próximo dia 2.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?