Os Bastidores da Política

Destaque: eficiência

Diego Miranda
Diego Miranda

Cruzeiro passou ser destaque na região quando o assunto é turismo, principalmente como trabalho realizado pelo diretor Diego Miranda, que garantiu a inclusão da cidade no MIT – Município de Interesse Turístico do Estado de São Paulo.

Miranda, com sua estratégia de criar um catálogo contendo atrações, espaços religiosos, locais de aventuras, além da estrutura de hotéis, restaurantes e estabelecimentos voltados para o acolhimento ao turista conseguiu superar até a vizinha Cachoeira Paulista que também ‘está de olho’ no selo do MIT, que rende verba anual em torno de R$ 600 mil para investimento no setor.

Zona de conforto
Enquanto em algumas câmaras da região o assunto está sendo eleição da mesa administrativa, em Lorena, com bastante antecedência elegeu por unanimidade Maurinho Fradique para o comando do Legislativo no segundo biênio. Sua preocupação durante estes 986 dias que faltam para assumir é arquitetar o melhor plano de ação e carimbar seu ‘passaporte eleitoral’ como administrador, buscando superar o trabalho de seus antecessores. Perguntem ao Fábio Longuinho!!!

Cheiro de fritura no ar
Rolou pelos bancões políticos de Cachoeira que o prefeito Edson Nota, bem antes do esperado, deu mostra que deverá fritar mesmo seu vice-prefeito Domingos Geraldo no processo de sucessão. Disseram que dias atrás ele chegou anunciar numa roda de vereadores e ‘afins’ que o vereador Breno Arraya será seu indicado a Prefeitura em 2020.

Resposta rápida…
Mal chegou a informação de que Edson Mota pretende fazer Breno Arraya prefeito em seu lugar em Cachoeira Paulista, para a especulação política questionar: “seu apoio será dentro ou fora do mandato”? Segundo a periferia há apostas que Mota não termina o mandato, por obra e graça da Justiça…

Test drive

Regis Yasumura
Yasumura

Circulou pelos corredores do Paço Municipal de Guará, que o vice-prefeito em exercício, Regis Yasumura, gostou tanto do ‘test drive’ na cadeira de Marcus Soliva, que teria pensado em voz alta: “em 2020 este cara sou eu”.

Visitando e fiscalizando obras, atendendo moradores e lideranças de bairros, percorrendo o centro e a periferia, Regis cumpre com maestria a função de prefeito, durante as férias de Soliva.

Segunda intimação

Celão
Celão

As conversas afinadas de que Regis Yasumura já estaria pensando na sucessão em Guaratinguetá, acabou ‘inflamando’ um grupo que trabalha a construção de uma aliança entre o vereador Celão e o prefeito Marcus Soliva, para reeleição.

Coincidentemente, pela mesma rota de Yasumura: desfilando na passarela eleitoral para deputado, marcando presença para 2020.

Três, talvez quatro
Independente das eleições deste ano, boa parte do mercado político de Aparecida dá como certa a participação de Zé Louquinho na disputa pela próxima Prefeitura em 2020. Tem gente antecipando até seus concorrentes: vereador Marcelo Marcondes e o hoteleiro Celso Alves, que há duas eleições ‘bate na trave’ na hora de marcar o gol. Ah! Disseram que a Jefferci Chad só entrará em cena caso a candidatura de Zé Louquinho não vingue; neste caso ela será a vice!!!

Assédio eleitoral

Bartelega
Bartelega

Aumenta a especulação pelas esquinas de Lorena sobre a possibilidade da vice-prefeita Marietta Bartelega, postular uma vaga na Assembleia Legislativa este ano. Disseram que o incentivo vem do presidente da Fiesp e  pré-candidato ao governo do Estado, Paulo Skaff, que vislumbra na peemedebista uma deputada em potencial.

Parece que para cúpula do PMDB local, uma eventual candidatura de Marietta pode somar positivamente para sucessão de Fábio Marcondes em 2020. Perguntem ao vereador Bruno Camargo!!!

Intervenção
A vereadora Analice está disposta a percorrer todas as instâncias para apurar se, de fato, um projeto que autoriza a Prefeitura de Aparecida a contrair empréstimo foi encaminhado ao Executivo para sanção, sem ter passado pela votação em plenário. Cartas à presidência da Câmara, aos cuidados de Marcelo Marcondes…

O melhor momento
A disputa pelo comando da Câmara de Pinda para o próximo biênio corre de forma discreta pelos gabinetes do Legislativo, com ascendência ao nome de Roderley Miotto. Segundo a boca pequena, Miotto aproveita o bom momento em que Rafael Goffi esta entretido na construção de sua campanha à deputado e corre o risco de não atrapalhar seus planos, a exemplo do ocorrido no primeiro momento desta legislatura.

Candidaturas simultâneas
Tem gente no mercado político de Cruzeiro curioso quanto ao desfecho das candidaturas a deputado dos vereadores Paulo Vieira e Charles Fernandes. O ponto saliente é que mesmo com destinos diferentes, um à Assembleia Legislativa, outro para Câmara Federal e como ambos pertencerem ao PR, a disputa será antagônica entre os dois. Charles deve pedir votos para o federal Motta da Federação, enquanto Vieira com certeza vai importar outro estadual para travar o sindicalista local.

Passando a bola
Após voltar atrás na promessa de aumentar em 10% o salário dos servidores da Prefeitura de Cachoeira Paulista, e ainda atrasar o pagamento de janeiro, o prefeito Edson Nota postou vídeo (de má qualidade) no Facebook, envolvendo a Câmara na confusão. Ele justificou que tinha de esperar os vereadores votarem o decreto do novo valor, menos de 3%, e que a Receita Federal também tinha de liberar. Na opinião de muitos, ele delirou. Ah! Para piorar, Nota disse que a grana só será liberada no dia 31. Esperam que seja deste mês. Afinal, o homem fala uma coisa cedo, a tarde é outra…

Inimigos do ‘rei’

Thales Gabriel
Thales Gabriel

Em consequência da administração diversificada (politicamente falando), seria natural que, por indicação de agregados, o prefeito de Cruzeiro, Thales Gabriel, teria algumas surpresas desagradáveis.

Mas a ponto de identificar em um dos setores mais distantes do gabinete (com três meses de salários já recebidos, incluindo benefícios e vantagens), uma figura que transfigurou-se em um inimigo contumaz na eleição, foi o cúmulo!

A força-tarefa agora é para descobrir quem ‘colocou a tartaruga em cima desta árvore’? Perguntem no centro de zoonoses…

Indefinição
Pela leitura popular, a quantidade de CEI’s instauradas na Câmara de Pinda durante 2017 segue indefinida aos vereadores e a classe pensante da cidade. A impressão de muitos é que a motivação foi mais para fazer ‘o prefeito sangrar’ na política, que investigar. Comenta-se em algumas rodas que um grupo de pessoas intencionam levar literalmente um bolo na primeira sessão de fevereiro, para comemorar um ano da primeira CEI, a do Vanone, Com a palavra, o presidente do Legislativo, Magrão!Café eclético

Longuinho, Marcio, Careca, Fradique, Eder Billota e Maquinho em ‘conversas afinadas’ sobre o ano eleitoral
Longuinho, Marcio, Careca, Fradique, Eder Billota e Maquinho; política em ano eleitoral
Sob aroma do blend do Malerba Café, as expectativas eleitorais para próxima temporada de caça aos votos e o alinhamento do Legislativo com o Executivo, foram assuntos do encontro ‘casual’ entre o futuro presidente da Câmara de Lorena, Marinho Fradique com os vereadores Careca da Locadora e Fábio Longuinho, na manhã da última quinta-feira.

Projeções de novas candidaturas majoritárias para 2020 e os supostos nomes para deputado a partir de nomes como Fábio Matos, Toto Bastos e Marietta Bartelega fizeram parte da rodada política.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>