Bastidores da Política

Com que roupa eu vou?

Thales Gabriel
Thales Gabriel

A possibilidade do prefeito Thales Gabriel disputar a reeleição com o suporte de um novo vice tem movimentado o mercado de apostas de Cruzeiro.

Pelo que se ouve nas rodas mais afinadas da política local, após os últimos acontecimentos envolvendo o nove do seu companheiro de chapa em 2016, Dr. Davi, o que não faltam são sugestões de nomes a Thales, que pelo andar da carruagem, vai esperar para definir aos 45 do segundo tempo, para agonia do agregado ao governo, Diego Miranda…

Leitura geral

O mercado político de Guará distingue entre viúvas e camaleões que gravitam em torno das administrações – passadas e atual. Viúvas são as nomeações de quem já atuou em segundo e terceiro escalões dos ex-prefeitos e não conseguiram continuidade no atual. Camaleões são os que conseguem permanecer agregados no governo, independente do prefeito de plantão – isso porque exercem uma habilidade especial de mudar de cor e discurso compatível a quem está no comando…

Oferta & procura

Isael Domingues
Isael Domingues

Cresce a expectativa entre as lideranças partidárias de Pinda sobre quem deverá compartilhar a vaga de vice-prefeito de Isael Domingues na disputa pela reeleição.

Com as suspeitas da especulação política que Ricardo Piorino estaria ‘indisposto’ para o desafio de um segundo mandato, a lei da oferta e procura de novos nomes e alianças começaram a chegar de forma discreta a Isael, que está focado em fazer muito em termos de obras com pouco tempo que lhe resta até a campanha eleitoral.

Perguntem ao vereador que está prestes a mudar de partido, provavelmente para se alinhar…

 

O provável é o improvável

Eleitores de Silveiras já têm a certeza de que o prefeito Guilherme Carvalho vai encarar as urnas para confirmar seu segundo mandato em continuidade aos seus planos de melhorias para cidade e que, dado a maneira como encontrou a Prefeitura, quatro anos apenas não seriam suficientes para concluir. A mesma certeza os moradores não têm sobre quem enfrentará Guilherme nas urnas, já que Mota joga com duas possibilidades: Rafael Queijinho ou Serginho da Farmácia. Um tem planos para cidade, outro com os recursos municipais.

Em tempo oportuno

O prefeito Fábio Marcondes está prometendo sinalizar seu posicionamento sobre sucessão em Lorena, após setembro. A ideia inicial era entrar no assunto em agosto, quando sua vice, Marietta Bartelega, ainda sustentava a possibilidade de ser candidata, mas com sua desistência precoce, Marcondes preferiu postergar a definição até que tenha todos os nomes de grupo e aliados sobre a mesa, para aí sim, tirar sua ‘carta da manga’. Enquanto isso, segue o barulho de ‘latas vazias’ pelos corredores da municipalidade.

Força-tarefa

Sylvio Ballerini
Sylvio Ballerini

Segue sem sucesso, pelo menos por enquanto, as tentativas de alguns políticos que transitam entre Câmara e Prefeitura em promover um diálogo entre o pré-candidato Sylvio Ballerini e o prefeito Fabio Marcondes, com o pretexto de estabelecer uma aliança ‘pro Lorena’ em 2020.

Fato idêntico ao ocorrido nas eleições passadas, quando algumas tentativas desta união foram frustradas após Sylvinho resistir a ‘operação limpeza’ em seu palanque, que acabou afundando pelo tamanho e peso de aliados impróprios para quem pretende ganhar uma eleição!!!

Rádio peão

A hipótese do prefeito Marcus Soliva se deixar levar pelo ‘canto dos tucanos’ e migrar apara o PSDB de Guaratinguetá tem várias condições, e uma delas é um ajuste na tripulação atual do partido, com a exclusão de alguns nomes. De acordo com os mais próximos, além de Soliva se livrar de alguns inoportunos que tem ‘zoado seu governo’, as exigências também abrem espaço para acomodação de vários integrantes de seu grupo e novos postulantes a vereança. Com a palavra o governador João Doria!!!

As águas vão rolar…

A prefeita Erica Soler corre agora para implantar PDV e contratar OS (Foto: Arquivo Atos)
Erica Soler

A prefeita Erica Soler já está dando andamento em seu projeto de infraestrutura e pavimentação da maioria das ruas de Potim.

Mesmo com a oposição – com ‘mandato e sem mandato’ – tentando barrar o projeto na Câmara, por cinco votos a dois, ela garantiu o cumprimento de mais uma de suas metas para atender população.

Ou seja, Erica poderá visitar a cidade inteira, principalmente no período eleitoral sem pisar no barro e com a certeza que água limpa e de qualidade está acessível em todas as residências do município.

Disseram que, com estas condições, a oposição vai ter mais dificuldades para convencer o eleitor…

Formação para 2020

O mercado político de Potim começa conhecer seus prefeituráveis da próxima temporada de caça aos votos. Carlinhos Zaga – que se apresenta como irmão do falecido; João Marcelo – consanguíneo do ex-prefeito João Cascão, Márcio Piza – que divide atenção com a cidade vizinha e Emerson Tanaka – que articula na surdina, mas não acerta na pontaria. Entre outros nomes são mencionados na Praça Miguel Correia dos Ouros, como incertos e duvidosos, o vereador João Luiz – por exemplo, que votou contra o asfalto para população; o atual vice, Marcinho do Supermercado – que teme ser descartado na corrida pela reeleição e, por enquanto, ‘aquele empresário’ que busca coragem para vir com tudo, ou melhor ‘com muito’…

Missão possível

Motivado pela consulta popular realizada dias atrás, o prefeito Marcus Soliva determinou uma força-tarefa especial para cuidar dos ‘entraves’ que dificultam a execução do projeto do novo Pronto Socorro. Comenta-se que até o local entrar em obras, o grupo de apoio ao governo busca uma forma para a difícil tarefa em desvincular a imagem do serviço oferecido à saúde básica do município dos recorrentes ‘BO’s’ produzido pelas condições atuais do Pronto Atendimento, locado nas dependências do Hospital Frei Galvão.

Concurso público

A população da pequena Canas ainda busca entender o nível elevado e capacidade de alguns aprovados – sempre em primeiro lugar – no concurso familiar, digo, público realizado no mês passado. No topo dos aprovados, a filha do prefeito da cidade vizinha – Cachoeira – na única vaga de sua modalidade; pontuando nas primeiras colocações também o filho do presidente da Câmara acrescido de pelo menos três sobrinhas e primas. De acordo com a patuleia, as coisas não param por aí, disseram que os resultados do concurso deverão revelar mais surpresas nos próximo dias…

Aviso aos navegantes

As mídias sociais de Cruzeiro foram bombardeadas, no bom sentido, com as imagens recordando os melhores da campanha passada de Patrícia Batistela à deputada. Para o mercado político da cidade, muito mais que apenas recordação dos encontros da equipe de campanha, das pessoas que Patrícia abraçou e das caminhadas pelas ruas da periferia. Aos bons entendedores ficou claro o aviso: em 2020, a cena deverá se repetir. Acreditam que falta apenas decidir as cores, com quem e a que; mas que ela vem candidata, ninguém duvida…

Em maus lençóis

A mobilização de voluntários na campanha de arrecadação de poltronas para a Santa Casa de Cachoeira não foi suficiente para o prefeito Edson Nota ‘descer do pedestal’. Diante da inércia da Prefeitura, os voluntários lançaram na última semana mais uma etapa da campanha, agora para arrecadar lençóis para os leitos. Para os cientistas políticos da praça Prado Filho, a atitude inédita da população evidencia que o prefeito está em “em maus lençóis”, já que os cachoeirenses não confiam mais que Nota possui competência para amenizar a caótica situação enfrentada pelo hospital.

Controvérsia!

O vereador de Pinda, Rafael Goffi, que aprovou requerimento de pedido de informações à Secretaria de Governo e reclamou porque recebeu mais de 10 caixas de documentos. Ele ‘esperava’ receber digitalizado para facilitar sua ‘investigação’…

Sandálias da Humildade

Ao vereador Pedro da Vila Brito, que sustenta a ‘síndrome do pavão’, abre as asas da ‘importância’ e descobre a feiura dos pés. Parece o protagonista dos pronunciamentos ‘carregados de moralidade’ ruindo pelo efeito Conselho Tutelar.

Em Alta

Cruzeiro O governo do prefeito Thales Gabriel, que transformou água (suja) em vinho, após dois anos e sete meses de administração da cidade, encontrada em caos no pós governo Ana Karin. Se antes, o município era sinônimo de descrédito e acúmulo de dívidas, hoje, a saída do vermelho já não é algo tão distante. Nas últimas semanas, duas medidas estamparam a nova imagem que Cruzeiro tem junto aos governos estadual e federal. A abertura de negociações com empresários para a ocupação de áreas para novos negócios deu novo fôlego e expectativa para a economia nos próximos anos, quando a cidade espera contar com a abertura de novos postos de trabalho. A segunda ação veio na recuperação de verba “morta” para a restauração do complexo ferroviário. Além de impedir dívida junto ao governo federal, Thales conseguiu ampliar o aporte para a obra, que foca a estruturação para setores como turismo e o transporte.

Em Baixa

Aparecida – A bancada de apoio ao prefeito afastado Ernaldo César Marcondes, que segue na tentativa de barrar as ações do governo da prefeita em exercício, Dina Moraes. O grupo, que passou todo os período de investigação sobre Marcondes de “olhos vendados”, como quem nada sabia e nada entendia, tenta agora engrossar o coro da fiscalização sobre Dina, com direito a emendas em propostas sobre a saúde, que deram um norte a quem tenta entender o cenário político da capital católica. Na Terra da Padroeira, pau que bate em Chico, nem sempre bate em Francisco. Ou será que com o ex-prefeito, investigar seria pecado inadmissível, quase imperdoável, mesmo pra quem bate carteirinha no Santuário… Nas ruas, as dúvidas são: e a CEI?, será que se o prefeito voltar, a Câmara também vai apertá-lo, como tem feito com Dina? Com a palavra, o sobrinho…

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

× Como posso te ajudar?