Bastidores da Política

Sai de uma, entra em outra

O prefeito Edson Mota, que conseguiu nova aprovação na Câmara (Foto: Arquivo Atos)
Edson Mota

Parece que a ‘sorte jurídica’ brigou com o prefeito de Cachoeira, Edson Mota, que coleciona ações judiciais ao longo de seus mandatos.

Esta semana, sua equipe de ‘governo’ comemorava uma decisão que julgou improcedente um processo que respondia por abuso econômico na eleição passada, quando chegou a informação de uma outra denúncia (proposta por uma funcionária pública) que passou a tramitar na Procuradoria do Ministério Público.

Desta vez, por nomeação de comissionados ’em moeda de troca’ (segundo a denunciante) de advogados que foram exonerados da Prefeitura de Silveiras por conflito de interesses, ou seja, por defender a pessoa de Edson Mota, quando deveria atuar apenas a favor da municipalidade.

Rivotril
'enTão' na praia
‘enTão’ na praia

Entre os devaneios do presidente da Câmara de Lorena durante a última sessão, o destaque foi para seu pedido ‘enTão – frenético’, para que o prefeito Fabio Marcondes mandasse pavimentar com urgência uma determinada rua do Parque Rodovias.

Nada demais se a rua não tivesse sido pavimentada a um bom tempo.

Diante do exposto, a patuleia política não conseguiu avaliar se os últimos acontecimentos do ‘enTão’ são consequências do efeito drone, que sobrevoou a cidade revelando as condições de ‘algumas’ propriedades em desarmonia com a tributação e a engenharia da Prefeitura, ou se foi o sol destes dias de trabalho árduo para arrumar votos para o deputado padrinho, que emprega mais que São Expedito…

Temperatura máxima
Quem acompanha as postagem da página Soc Canas no Facebook, percebe um movimento crescente contra o atual prefeito e sua trupe. Denúncias de enriquecimento misterioso e aquisição de propriedades ‘num passe de mágica’ estão explícitas a qualquer nível de interpretação. De acordo com os ‘lábios quentes’ desta página na rede social, boa parcela da população de Canas tem razão em questionar o avanço do município, resumido a construção de um velório e menos de cem metros de asfalto. Ah! Sobre o B.O. no processo de licitação que levou a Justiça a embargar as obras da construção da nova praça, ainda não comentaram…
Palanque itinerante
Herivleton e Luiz Marinho
Herivleton e Luiz Marinho

O candidato a deputado estadual Herivelto Vela (PT) ainda busca explorar na lembrança de poucos, a visita do candidato petista ao governo do Estado, Luiz Marinho, na semana passada.

Observaram que Vela acolheu como combustível de sua campanha algumas críticas do petista, que ainda pontua em baixa nas pesquisas eleitorais.

Disseram que em ritmo de caça aos votos, Vela segue com sua militância mais justificando a situação de algumas ‘personalidades’ do partido (inclusive as que passam férias em Curitiba), que propriamente pedindo votos.

Marcando território
Quem passa pela região até o final do mês para marcar o território eleitoral juntos aos filiados do PTB, é o deputado Campos Machado. Sua meta é definir com vereadores e lideranças que usufruíram do Partido na eleição passada a reciprocidade das urnas neste pleito que se aproxima. Campos expediu convocação ‘a quem de direito’ para os encontros de Guaratinguetá, Lorena e Canas.

Denúncia
Diante da ‘discrição’ da candidatura do Dr. Rogério Barbosa, que segundo a boca pequena, pertence ao quadro de médicos da rede municipal de saúde de Guará, tem especuladores na Praça pensando em pedir uma investigação no Ministério Público Eleitoral para apurar se o ex vice-prefeito registrou candidatura apenas para se ausentar do trabalho. Será que alguém na terra de Frei Galvão conseguiu perceber uma movimento de campanha pra valer em torno de Rogério Barbosa???
Ordem na Casa
O presidente da Câmara de Guara, Marcelo Coutinho, o Celão, foi elogiado pelos políticos moderados por ter enquadrado o vereador Décio Pereira, quando pesava palavras desrespeitosas à pessoa do prefeito Marcus Soliva, na tribuna do Legislativo.
Salvo conduto
Esta semana a equipe do ex-prefeito Vito Ardito (agora PP), que disputa vaga na Assembleia, ganhou folêgo para campanha com a notícia de que a Justiça Eleitoral liberou seu nome para as urnas, embora continue aguardando julgamento. Pelo que se comenta nas rodas políticas de Pinda, participar de eleições com o nome ‘pendurado’ na Justiça se tornou comum a Vito Ardito, que enfrenta um histórico de denúncias e de liminares, mas que, quando eleito, toma posse e cumpre os mandatos.
Fé & política
Faltando menos de três semanas para as eleições, o candidato a deputado estadual por Lorena, Toto de Oliveira Bastos, segue contabilizando apoio para grande chegada – às urnas. Esta semana até o Dunga – destaque da Canção Nova, fez questão de manifestar apoio ao colega de música cristã, vocalista da Expresso HG.
Em Alta
Aparecida… O Poder Judiciário da cidade, que interviu na Câmara Municipal ao ponto de impedir um atentado contra o Estado de Direito. Esta semana, a Justiça local julgou improcedente o ato do presidente do Legislativo, Marcelo Marcondes, que por decreto chegou a extinguir o mandato José Reis Junior – o Dudu, que vinha sendo investigado pelo envolvimento voluntário a uma instituição de idosos que recebe subsídio financeiro da Prefeitura. A medida judicial, mais que garantir a democracia das urnas, inibe outras ações semelhantes na região.
Em Baixa
Lorena… A Câmara Municipal, que ao contrário do que é gritado na tribuna, vem demonstrando incompatibilidade ao desenvolvimento da cidade ao sistema de georreferenciamento, operacionado pelos drones, que buscam acertar a realidade das construções com o cadastro da Prefeitura. Enquanto o morador comunga com o alívio de pagar o imposto corretamente, os vereadores insistem em seguir o caminho contrário. E para quem acredita que o castigo pode vir do céu para a trupe da Praça Baronesa de Santa Eulália, os drones caíram como uma luva…
Acelera Guará?
O mix de PSDB com PSD 'acelerando' com Dória em Guará
O mix de PSDB com PSD com Dória em Guará

A passagem de João Dória por Guaratinguetá nesta quinta-feira, além de tirar muitos tucanos do repouso político, tirou também alguns integrantes do primeiro escalão do prefeito do serviço.

Pelo que se ouviu nas rodas dos escarnecedores da Praça Conselheiro, a presença de Soliva em alguns momentos da visita foi mais comentada do que o próprio candidato ao governo do Estado.

Campo minado
Quem observou os ex-prefeitos Júnior Filippo e Francisco Carlos dividindo o mesmo espaço na passagem de Dória por Guará, nem imagina que a motivação desta momentânea união, além de ter prazo de validade, se resumem em duas situações: os interesses comuns por votos para seus deputados preferenciais, e espalhar ‘cascas de bananas’ para fazer o prefeito Marcus Soliva escorregar.

Perguntem ao Pazzini!!!

Acelera Lorena?
Em plena Rua Principal de Lorena, a candidata a deputada Michelli Veneziani e João Dória
Em plena Rua Principal de Lorena, a candidata a deputada Michelli Veneziani e João Dória

A caravana João Dória, na sequência de sua visita pelas região, arrastou um número considerável de personagens da ‘velha guarda’ da política local, que se misturou às novas lideranças numa caminhada pela Rua Principal de Lorena.

A população da cidade percebeu que a nova safra de políticos, neste ‘arrastão’ pelo centro da cidade, comandado pela candidata a deputada estadual Michelli Veneziani, conserva os bons hábitos dos tradicionais: abraçar pessoas e até tomar cafezinho na padaria.

Liberdade vigiada
Algumas presenças marcantes, como vereadores e prefeitos de cidades vizinhas e também ex-detentores de mandatos, foram contabilizados no passeio político dos tucanos João Dória e Michelli Veneziani pelas ruas centrais de Lorena.
epetem a cena do 'cafezinho adoçado  com política'
Candidatos repetem a cena do ‘cafezinho adoçado
com política’

‘Outros’ líderes foram observados à distância, provavelmente pelo clima de disputa a que se resumiu a campanha eleitoral deste ano, que colocou em lados opostos dois aliados de eleições passadas, hoje praticamente disputando com interesses contrários.

Enquanto Antônio Carlos busca eleger sua filha a deputada estadual, Fábio Marcondes trabalha para fazer de seu ex-secretário de cultura, o Toto, o representante da cidade na Assembleia Legislativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>