Bastidores da Política

Chamada Geral
Em conversas afinadas sobre as próximas eleições, Dr Paulo Neme, deputado Marcelo Ortiz, Eder Billota, Antonio Carlos, Sylvio Ballerini, vereador Fábio Longuinho e João Bosco Romeiro
Em conversas afinadas sobre as próximas eleições, Dr Paulo Neme, deputado Marcelo Ortiz, Eder Billota, Antonio Carlos, Sylvio Ballerini, vereador Fábio Longuinho e João Bosco Romeiro
A semana foi movimentada na redação do Jornal Atos em todos os sentidos, mas nada comparada à última quarta-feira, quando mais de 50 convidados se reuniram para falar sobre candidatos e candidaturas com vistas ao próximo 7 de outubro.As motivações do período eleitoral têm reaproximado lideranças e promovido novas alianças como as contabilizadas pelo ex-prefeito de Caraguá, Antonio Carlos, que busca apoio na região para eleger sua filha Michelli a uma vaga na Assembleia Legislativa.

Antecipação
Circula entre os labirintos, digo, gabinetes da Câmara de Guará, que a maioria dos vereadores é favorável a antecipar para agosto a eleição da próxima mesa administrativa. Para alguns, a ideia é evitar o estresse que as discussões prós e contras nos dias que antecedem as festas de final de ano; outros porém, acreditam que seja uma estratégia governista para garantir a continuidade do comando do Legislativo, dedução lógica, porque em política, manda quem pode e obedece quem tem juízo…

Dois candidatos…
…e meio Enquanto se discutem datas e pré-disposição da futura mesa administrativa da Câmara de Guará, a especulação política conjectura a disputa pela presidência. Com grandes possibilidades de Marcelo Coutinho – o Celão continuar no comando, há quem aposte, na Praça Conselheiro, numa eventual virada da oposição, ou seja, com Fabrício da Aeronáutica, se realmente surgir de um “coringa” para rachar a base.

Puxada de tapetes

Maurinho Fradique
Maurinho Fradique

Na contramão de muitas Câmaras que trabalham o processo de eleição para as próximas mesas administrativas, a de Lorena, quer dizer, alguns vereadores, buscam meio de cancelar a votação que já definiu Maurinho Fradique como presidente para o segundo biênio.

Rola pelos corredores da Casa que tem ‘serpentes abrasadoras’ travestidas de parlamentares prontas a dar o bote contra a votação por unanimidade ocorrida no ano passado, afim de garantir o poder econômico do Legislativo.

Para tudo
Parece que os moradores de Canas vão demorar um pouco mais para ver a construção da nova praça, já batizada de Imigrantes. Disseram que uma das empresas que se inscreveram para o processo de licitação, ingressou na Justiça pedindo o cancelamento do certame, após ser inabilitada em detrimento de uma outra construtora. Há suspeita de favorecimento e troca de envelopes, após o descredenciamento da reclamante.

Ninguém sabe, ninguém viu
Câmara de Cachoeira ainda se mostra indiferente com os rumores na cidade, dando conta que o prefeito Edson Mota ganhou mais que uma carona dos agentes da Delegacia da Polícia Federal de Cruzeiro. Corre na boca pequena que teve até uma estadia prolongada no local. Como a coisa segue em segredo de justiça, nenhum vereador se atreveu até o momento em investigar o caso, inclusive para ajudar o prefeito, num eventual exagero de falatórios por parte da especulação política.

Sinal de alerta
Como comentam pelas esquinas de Pinda, ‘feito fogo em palha’, assim cresce o movimento e os debates nas redes sociais em torno da emancipação de Moreira César. Entre os favoráveis, aqueles que reclamam a falta de atenção da administração pública com relação as carências do Distrito em decorrência de ser o ‘coração financeiro’, responsável por cerca de 60% do PIB municipal. Já os contrários, pensam nos gastos com a criação de inúmeros cargos públicos como vereadores, prefeito, secretários, assessores e outros, além do ponto de atração para muitos oportunistas de plantão. O que chama atenção da especulação política é que reuniões quase que periódicas têm acontecido ‘embaixo da barba’ do prefeito Isael Domingues, e com vereadores de sua base torcendo para ‘a coisa desandar a maionese’. Perguntem ao Cláudio Tótaro!!!

Alguém responde
Roderley Miotto
Roderley Miotto

O vereador Roderley Miotto ainda pertence ao PSDB de Pinda? A dúvida surgiu no mercado político porque no encontro promovido pelo partido para discutir apoio aos candidatos tucanos desta ‘temporada de caça aos votos’, ele não foi visualizado na foto.

Há suspeita que ele já esteja ‘cantando para outra freguesia’, porque convites e propostas não têm faltado ao parlamentar…

Apoiando pra ser apoiado

Circula pelas rodas políticas de Aparecida que a movimentação do empresário Celso Alves, nos últimos dias, demonstra que optou em apoiar alguém ou alguma dupla agora nesta eleição, para receber o mesmo retorno em 2020, quando deverá encarar novamente o desafio de conquistar o Executivo municipal. Disseram que ele está avaliando sua base para somar votos a candidatos da região, desde que  tenha identidade com a cidade.

Pediu, está pedido…

Tão $ério
Tão $ério

…não pode ficar arrependido Parece que o presidente da Câmara de Lorena, de tanto pedir em seus discursos de tribuna para que seus colegas fiscalizem sua presidência, que seu desejo será atendido. Tem vereadores querendo saber, por exemplo, qual o gasto mensal do Legislativo com combustível.

Se é verdade que gasta mais de R$ 70 mil com publicidades mensais e onde; sem indagar a questão da fortuna gasta no telhado inacabado e era necessário contratar sem licitação.

A desconfiança ganha força porque sua administração não informa o Portal da Transparência sobre o fluxo de caixa, ou seja, entrada e saída de dinheiro e as devidas notas fiscais com os respectivos CNPJ’s, como determina a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Ao que tudo indica, vai ‘chover’ requerimentos por parte dos parlamentares.

Aprendendo com os lobos
O vereador Bruno Ribeiro (PPS) surpreendeu na tribuna da Câmara de Lorena esta semana, ao justificar seu voto contrário ao oposicionista Pedro da Vila Brito (PTB), no projeto das ‘vantagens’ aos idosos no transporte público, com vícios de inconstitucionalidades. Bruninho argumentou na categoria ao colega, que por ser da base, tem acesso ao jurídico da Prefeitura para saber como votar sem risco de veto. Ah! Com o mesmo tom, convidou Pedro da Brito a acompanhá-lo também aos setores da municipalidade, para evitar os fiascos que tem amargado…

Culpa da oposição
Corre na boca pequena de Guará que a polêmica da extinção dos cobradores nos coletivos urbanos não deverá terminar com a retirada da projeto da Câmara, pelo prefeito Marcus Soliva. Segundo os bem informados, já que a oposição minou parte dos governistas contra a medida do Executivo, que buscava diminuir o preço da passagem na licitação do transporte público que deve ocorre ainda este ano, o prefeito poderá responsabilizar os polêmicos pelo valor mais alto da tarifa.
‘Santo de casa’

Danilo, Toto e Torrada
Danilo, Toto e Torrada

O vereador Professor Danilo utilizou dias atrás de toda objetividade para explicar aos eleitores, a diferença de pré-candidatos que simplesmente nasceram na região mas residem fora, em comparação à dupla Torrada de Cachoeira (que pretende ser federal) e Toto de Oliveira Bastos (se articulando para ser estadual), ambos pelo PROS.

Enquanto a visão dos distantes às vezes se restringem em apenas somar votos, os postulantes a deputados com endereços fixos por aqui pensam em fortalecer realmente o pedaço onde moram. Como diz os mineiros: ‘curto e grosso’…

A propósito­ – Faltam exatamente 77 dias para as eleições!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>