Bastidores da Política

Tudo certo, nada resolvido

Secretária Valéria dos Santos recebe os vereadores da Comissão Municipal de Saúde
Secretária Valéria dos Santos recebe os vereadores da Comissão Municipal de Saúde de Pinda

Com quase uma semana de atraso, a Câmara de Pinda divulgou em seu site, na última terça-feira, que cinco vereadores participaram de uma reunião com a secretária de Saúde, Valéria dos Santos, no último dia 7.

O encontro, que ocorreu dois dias após a intervenção administrativa do Pronto Socorro, contou com a presença do presidente Magrão, acompanhado dos vereadores Professor Osvaldo, Ronaldo Pipas, Roderley Miotto e Jorge da Farmácia.

Até aí, tudo bem. Só que o atraso na divulgação do ‘segredo’, digo, da reunião, foi mal interpretado nos balcões do Mercadão e esquinas da cidade.

Há quem suspeite que a demora foi proposital, e aguardava qual efeito a intervenção teria na opinião pública.

Falaram que a coragem que faltou aos parlamentares em chegar junto ao fato, em tempo real, sobrou ao prefeito Isael Domingues, que assinou o decreto. Como diz a velha expressão popular: “Depois que o leão é morto, fica fácil tirar a fotografia com os pés em sua cabeça.”

Jogando na defensiva
Os vereadores de Cachoeira, em especial os governistas e mais dois ou três, tentam justificar à população que o ‘cheque em branco’ que concederam ao prefeito Edson Mota para leiloar áreas nobres da cidade a ´preço de bananas’ está focada no endividamento da Prefeitura com precatórios que somam, segundo Thales Satim, mais de R$ 21 milhões.

Quem compara, para…
Quem ouve a Câmara (em sua maioria) se manifestar solidária ao prefeito Edson Mota, no grande ‘esforço’ para reunir valores com o leilão das áreas nobres para pagamento dos R$ 21 milhões em precatórios, fica sem entender a quantidade de festas com atrações artísticas milionárias que tem ocorrido constantemente em Cachoeira. É no mínimo incoerente para não dizer antagônico. Perguntem à vereadora Dadá Diogo!!!

Carta branca
Quem celebrou esta semana a liberação do nome de Cruzeiro no Cadin federal foi o prefeito Thales Gabriel e sua equipe de governo (pelo menos os mais íntimos). Agora com certidões negativas de débitos, a partir do parcelamento que conseguiu junto à Previdência e FGTS, Thales está com ‘carta branca’ para receber recursos dos governos Federal e Estadual.

Não convidem para…
…a mesma picanha – o líder comunitário de Pinda, Dito Bala e o presidente da Câmara Magrão, principalmente se o churrasqueiro for o Ronaldo Pipas, e o assunto esteja relacionado a reunião velada que acertou o reajuste dos funcionários municipais…

Conselho de líderes
Circula entre os bem informados de Pinda que tem ‘vereador e vereadores possessos’ por não terem sido convidados para reunião desta semana entre o prefeito Isael Domingues e o presidente do Sindicato, Danilo Ramos, onde ficou decidido os 2,07% de reajuste aos servidores municipais. Parece que estresse está pesando sobre o presidente da Câmara, Carlos de Moura – o Magrão, que limitou o encontro com a participação apenas dos colegas Felipe César e Osvaldo Negrão.

Laranja mecânica
Samuel de Melo
Samuel de Melo

Comenta-se nas rodas políticas de Lorena que o vereador Samuel Pipoca, laranja absoluto do colega Elcio ‘Traíra’ Junior, só não está indiciado e condenado em crimes de semelhança aos praticados pelo seu mentor, porque ainda não teve acesso às proximidades dos cofres públicos.

Como prevalece  a presunção da inocência, e pelo andar da carruagem, durante esta vida, não passará do patamar em que chegou (assim mesmo pelo um curto espaço de tempo), há quem acredite que sua piada travestida de mandato não passou de um equívoco do pessoal da reza.

Oportunismo
Talvez a prova capital de que o vereador que envergonha os eleitores da Renovação, está no fato dele ter se posicionado contra aos interesses da governabilidade de Lorena, para votar a favor das isenções fiscais daquela entidade que cuida dos ricos e lucra com o caos da saúde municipal. Disseram que, misteriosamente, sua irmã foi contratada logo em seguida pelo hospital que leva o nome da cooperativa. Claro que se perguntar ao seu orientador, ele vai dizer e tentar convencer os colegas fracos de idealismo que a culpa é do prefeito Fábio Marcondes…

Cobrar o que não faz
Não se sabe se por falta de pagamento ou má gestão do erário público, mas o fato é que na última sexta-feira e início da semana seguinte, o exército de assessores e comissionados da Câmara de Lorena estava procurando sinal de internet com os vizinhos da Casa de Leis, porque não havia telefone com linha nem sinal de wi-fi na sede do Legislativo. Ah! Adivinha se a sede do Legislativo (que já viveu várias reformas, inclusive as fantasmas na época do presidente que cassou o Dr. Paulo) tem alvará de bombeiros? Pior que, quando o pessoal da Praça fala que a ‘tanga está frouxa’, o homem fica bravo…

Incompatível
Tão do Vaguinho
Tão do Vaguinho

Rola entre os bem informados de Lorena que o ainda presidente da Câmara de Lorena, Waldemilson Silva – o Tão, irmão do Vaguinho, conhecido nos corredores da Justiça como o difícil de intimar, não é de fato compatível com a Lei de Acesso a Informação – LAI.

Faltando 198 dias para desocupar a presidência, sua desculpa ainda em não alimentar o Portal da Transparência é a falta de estrutura de internet (situação que qualquer empresa de banda larga, que se acotovela na cidade, poderia dar solução em 15 minutos).

Ah! Quando se trata de responder ou oferecer resposta a requerimentos, senta e espera…

Apostando em mudança
Juliana Cardoso
Juliana Cardoso

Amplia dia a dia a rede de apoio no Vale do Paraíba à candidatura de Juliana Cardoso (PR) à deputada federal.

A engenheira ambiental está inserida na lista em que muitos eleitores estão recorrendo para mudar o cenário do Congresso Nacional.

Ela tem percorrido com sucesso a região e conquistando alianças importantes, que somando às de Suzano, seu domicílio eleitoral, e na Grande São Paulo, fez que seu partido a qualificasse como uma das expressões em votos na eleição deste 7 de outubro.

Business
O empresário Nelson Rana projetou para 18 de outubro mais uma edição da EXPO ISA 2018, em Guaratinguetá, com apresentação dos avanços tecnológicos adaptáveis a setor industrial para o Vale do Paraíba, dentro da visão Indústria 4.0. O planejamento e logística do evento foi discutido esta semana durante um café promovido pela Associação Comercial – ACEG com a presença de vários representantes das empresas da região. A expectativa de Rana, aliada a crescente adesão dos parceiros (BASF, Fatec, Sebrae, Senac, Sicredi, ACEG e outros) é que a Expo deste ano ofereça ainda mais ferramentas para a movimentação do PIB regional.

Zona de risco
Quem entrou mais uma vez na ‘alça de mira’ da oposição de Guará foi o prefeito Marcus Soliva. Correu pelos cafezinhos da Praça Conselheiro, na última sexta-feira, que o café da manhã oferecido ao deputado Samuel Moreira (PSDB) pode configurar contravenção eleitoral pela quantidade de participantes do primeiro escalão do governo. Disseram que não faltaram ‘espiões cronometrando’, para verificar conflito com a carga horária de trabalho. Perguntem ao Malvadeza!!!

Atividades paralelas
Está dando o que falar pelas esquinas de Cruzeiro as atividades paralelas de alguns vereadores. A do Sandro Felipe, por exemplo, disse que os ‘bolões de apostas’ começam com R$100; a pizzas já são mais em conta, parece que saem a R$30 para assessores, e para detentor de mandato, um pouco mais caro. Ah! Falam também que o sonho do presidente da Câmara, Charles Fernandes, é estar no quadro culinário da Ana Maria Braga, e para chegar lá, está batendo o recorde em postar coisas de cozinha no Facebook.

Os sem mandatos
É voz corrente, em Cruzeiro, a formação de um ‘grupão’ para articular e ganhar visibilidade política no cenário municipal. Parece que a primeira chamada consta de Beto do Renato, Sérgio Antônio, Marco Aurélio, Carlinhos do Itagaçaba, e entre outros, Manoel Amorim. A ideia, segundo comentários no balcão da Padaria Caravela, é reunir outros que caíram no ostracismo. Detalhe: todos sem mandatos, pelo menos até 2020!!!Em Alta
Lorena… A vice-prefeita de Lorena, Marietta Bartelega, que foi braço direito do presidente licenciado da Fiesp, Paulo Skaf, durante a passagem dele por Lorena. Enquanto o pré-candidato ao governo do Estado era cercado por partidários e admiradores do cenário regional, Marietta passou a ser tema de conversas nas mesas sobre o futuro político de Lorena. Aliado aos expressivos resultados de ações e campanhas no Fundo de Solidariedade, parece que ela tem cada vez mais gosto pelo debate político quanto à sucessão de Fábio Marcondes, para o sorriso de uns e o choro de outros…

Em Baixa
Cruzeiro. A ex-prefeita Ana Karin de Almeida, que mesmo com os vários ‘flashs’ nas redes sociais, não consegue melhorar sua imagem após o período desastroso em que comandou Cruzeiro. A herança maldita parece começar a ser desfeita somente agora, com uma notícia e tanto para a população, com a liberação da CND (Certidão Nacional de Débitos), anunciada por Thales Gabriel. Esse já começa a projetar o que fazer com as verbas estaduais e federais que devem começar a surgir nos cofres, com a saída do vermelho, depois de pegar o município coberto de dívidas da antecessora. E nas esquinas já há quem diga que “apesar dela, Cruzeiro parece conseguir sair do fundo do poço”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>