Bastidores da Política

Sete a três

Ronaldo Pipas
Ronaldo Pipas

A Prefeitura de Pinda conseguiu aprovar a taxa de iluminação escalonada na Câmara, porém não evitou a polêmica e o palanque eleitoral de Rafael Goffi, que ao lado de Roderley Miotto e Ronaldo Pipas, votaram contra.

Para a administração pública, uma necessidade e um avanço na melhoria da segurança pública; para a oposição que busca os holofotes eleitorais, uma boa oportunidade de ‘vender seu peixe’ em cima de mais uma medida impopular do prefeito Isael Domingues.

Cartão vermelho 

Marcus Soliva
Marcus Soliva

Indagam entre os cientistas de Guará que se o prefeito Marcus Soliva não executar as exonerações necessárias em resposta política à derrota que sofreu na Câmara (no projeto da OS), na última sessão ordinária do ano, corre o risco de perder de vez o respeito dos adversários e o crédito dos próprios vereadores ‘ainda governistas’ que somam 2 + 2 = 4, que pode ser 5, caso haja empate.

Há quem aposte que ele ‘amarela’ na hora de dar ‘cartão vermelho’.Perguntem ao João Pita!

Mandatos em famílias

Marcelo Marcondes
Marcelo Marcondes

A Câmara de Aparecida vai ser administrada em  2018 em grau direto de parentesco com o prefeito Ernaldo Marcondes. Seu sobrinho Marcelo Marcondes foi eleito presidente do Legislativo, contando com Fran Pé Sujo como vice.

A primeira secretaria vai estar a cargo de Cida Castro e Adilson Boi na Brasa cumprirá tabela como segundo secretário.

Assim como a mesa foi escolhida por 6 votos a 3, ao que tudo incida, este deverá ser o placar dos projetos do Executivo no próximo ano.

Gastando o quanto pode 

Waldemilson da Silva
Waldemilson da Silva

Corre na boca pequena que o  presidente da Câmara de Lorena aproveitou a obrigatoriedade de esvaziar o caixa do Legislativo para o novo ano, que resolveu gastar o máximo possível.

Além de um generoso abono salarial aos funcionários e comissionados – acrescido de vale-compras – disseram que liberou pagamentos de licença prêmio e ordenou várias reformas na Casa de Leis.

Falaram ainda que no afã da gastança, resolveu investir em acessórios de informática e outros…

O que não souberam informar é se este desprendimento econômico no apagar das luzes do ‘Ano Novo’ seria para não ter que devolver valores relevantes à Prefeitura.

Bem melhor que pegou
Numa leitura geral do mercado político do primeiro ano de governo do prefeito Thales Gabriel em Cruzeiro, a conta foi simples: num cenário caótico como encontrou a administração pública, o simples fato de atravessar o ano sem sucumbir, já estaria de bom tamanho. Porém, o surpreendente, que a ‘roda virou’: dívidas inicialmente impagáveis, ‘agora’ dentro de uma perspectiva de parcelamento; saúde na UTI, ‘agora’ em recuperação; infraestrutura destruída, ‘agora’ reedificada; o selo de Estância Turística considerado utópico, ‘agora’ a um passo da realidade com o MIT – Município de Interesse Turístico; gastos insolváveis pelo desmando, ‘agora’ sob equilíbrio e, entre outros “agora’s”, levando em conta a estima da população em alta, com a certeza o resultado das urnas, foi providencial, exceto para a minoria que persiste na oposição…

Pior que está não fica
O vereador Breno Anaya vem em ritmo de limpar as gavetas da presidência da Câmara de Cachoeira, para ceder o espaço ao colega Nenê do São João, que deverá levar a liderança da Casa durante o próximo ano. Enquanto isso, pelas esquinas da cidade, o mercado político avalia e prediz: sobre período que passou, além da mediocridade a subserviência ao poderoso chefão; sobre o futuro, pior que está não fica, é como trocar seis por meia dúzia…

A fila anda
Circula entre as várias ‘etnias partidárias’ enxertadas na administração pública de Pinda que, quem parecia que fosse ocupar o espaço eleitoral, resolveu retroceder na disputa do ano que vem, para desobstruir o espaço em 2020. Segundo um dos ouvidos afinados que frequenta a ‘sala ao lado’, existem apostas de baixa possibilidade de reeleição. Perguntem vereador que dissimula!

Preparando a nova geração

Everton Chinaqui
Everton Chinaqui

Se depender  dos atletas e da geração esportiva de Pinda, o secretário de Esporte, Everton Chinaqui, deverá surpreender nas urnas de 2018, caso aceite o desafio de buscar uma vaga na Assembleia ou Câmara Federal.

Durante uma participação especial na entrevista do prefeito Isael Domingues na Cultura Distrital, na última terça-feira, Everton marcou ponto com os moradores de Moreira Cesar. Com os assistidos pelo Fundo Social, foi elogiado nas redes sociais pela postura e demonstração de conhecimento dos assuntos gerais da administração.

Só não agradou os opostos, que diante de seu desempenho, estão preferindo ‘tirar o time de campo’…

Inversão no pódio
Têm veteranos da política de Lorena, em especial os que circulam com áreas de candidatos em 2018, preocupados com a ascensão dos novos em ascendência na balança eleitoral da cidade. Nomes que demonstram uma geração inovadora como Renato Marton, Marietta Bartelega, Luiz Fernando, Maurinho Fradique e raspando Toto de Oliveira Bastos, que vem tracionado ‘velhos’ conhecidos (Silvio Ballerini, Paulo Neme e até Aloísio Vieira) a acelerar o passo para não serem vistos pelo retrovisor dos eleitores na próxima eleição municipal. Perguntem ao prefeito Fabio Marcondes, que tem pesquisa nova na gaveta…

Edital de ‘praça’
Mal chegou a informação no Ponto Chique – o café mais politizado de Guará – que o prefeito Marcus Soliva deve tirar férias no início de janeiro, e as ‘viúvas’ do mercado político mandaram dizer que vão continuar de plantão. Durmam com este barulho!

Meio milhão de reais

Marcelo Coutinho
Marcelo Coutinho

O presidente do Legislativo de Guará, Marcelo Coutinho, fez balanço geral na Câmara e anunciou a devolução de ‘meio milhão’ aos cofres públicos.

De acordo com o pessoal do andar de baixo (concursados e carreiristas) a economia excessiva do passado, provocou gastos extraordinários no presente.

Se não fosse o projeto Câmara sem Papel implantado por Celão, talvez não tivesse conseguido fazer a reestruturação da máquina administrativa e a renovação da frota de veículos a pedido dos vereadores.

Dinheiro certo 

Thales Gabriel e Afonso Lobato
Thales Gabriel e Afonso Lobato

O ano pode ter iniciado com dificuldades para o prefeito Thales Gabriel frente à Prefeitura de Cruzeiro, mas está terminando bem.

Papai Noel, digo, o deputado Afonso Lobato, conseguiu liberar R$ 160 mil para infraestrutura da cidade. A verba faz parte de um conjunto de emendas que o deputado indicou ao governador Geraldo Alckmin e estão sendo liberadas para vários municípios da região, incluindo Pindamonhangaba, que também está recebendo R$ 160 mil.

Em 2018, cerca de R$ 1,5 milhão serão distribuídos entre as cidades de Aparecida, Cachoeira Paulista, Cunha, Potim, Lavrinhas, Bananal, Queluz e São José do Barreiro.

Não convidem para…
…a mesma picanha – o vereador de Guará João Pita e o subsecretário de Planejamento San Martins (que diariamente toma condução para vizinha Pindamonhangaba), ainda que o churrasqueiro seja o titular da pasta Rodrigo Muassab!
O que muitos querem saber
Em função das férias do prefeito de Guará programada para o início de janeiro, desta vez vão deixar ‘tinta na caneta do vice para assinar”?

Em Baixa
A Sabesp de Lorena, que conseguiu desagradar o que deveria ser seu principal parceiro na cidade: o governo municipal. Nem mesmo o acordo para implantação do sistema de tratamento de água e esgoto na área invadida no bairro Parque das Rodovias conseguiu camuflar os problemas que a empresa tem deflagrado pelas ruas, após obras. Com a demanda das reclamações sobre as costas, o prefeito Fábio Marcondes não esconde a irritação com a forma como a estatal atende as reivindicações. E pensar que a cidade “está presa” a um contrato que ainda deve durar anos entre Lorena e Sabesp.

Em Alta
O trabalho desenvolvido pela primeira dama de Guaratinguetá, Andréa Évora, à frente do Fundo Social de Solidariedade está reconhecido entre os assistidos e servindo de espelho para outras cidade da região.  Para fechar com “chave de ouro” o ano, marcado pela realização de diversos cursos profissionalizantes e eventos assistenciais, Andréa e sua equipe organizaram na última semana um bazar na praça Conselheiro Rodrigues Alves para a venda de roupas e artigos de decoração produzidos nas oficinas oferecidas pelo Fundo. Os assistidos não estão “apenas recebendo o peixe, mas sim aprendendo a pescar”.

Controvérsia
A política do ‘contra’ adotada pelo PMDB de Guará, que ao mesmo tempo que barra os projetos mais relevantes para população, posta nas redes sociais live do candidato derrotado do partido  tentado ‘ensinar’ o Executivo como aplicar os recursos do município.

Contagem Regressiva
Faltando 9 dias para o ano novo e exatamente 288 – 40 semanas para as eleições, o Congresso Nacional se apresenta para um celeiros de oportunidades para novos nomes. Motivo: a cada três parlamentares, um segue em processo de investigação, a maioria pela Lava Jato!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>