Bastidores da Política

Partido & Estado

João Pita, Dr. Ubiali e Daniel Vieira
João Pita, Dr. Ubiali e Daniel Vieira

Esta semana o vereador de Guará João Pita e seu assessor Daniel Vieira se apresentam no ‘Quartel General’ do PSB, em São Paulo, para informar que estão à disposição do partido e do governador a partir de fevereiro.

Eles foram recebidos pelo Dr. Ubiali – assessor especial do vice-governador Márcio França, para conhecerem o projeto de expansão e estratégia do partido para o ano que vem.

Pita poderá atuar em duas frentes no futuro governo de França, além da partidária, a de estabelecer ‘ponte’ com as lideranças dos municípios paulistas, em preparação ao pleito eleitoral.

Verdades secretas

Aquele vereador de Cachoeira que paga de ‘megafone’ do prefeito Ed Nota na Câmara e que mantém em seu currículo crime de estupro e pedofilia, sem contar a morte de um progenitor por desgosto em ver a manipulação e procrastinação processual. Aguardem o número do processo em uma das nossas edições futuras…

Verdades secretas II

Aquele falso moralista e religioso que atua na Câmara de Lorena, já conhecido nos meios políticos como ‘homem de palavra’ (porque dá a palavra para vários ao mesmo tempo) e que pode entrar em ‘zona de instabilidade’ a qualquer momento, se o assunto ‘relações proibidas’ prosperar pelas esquinas da cidade. Perguntem ao que dissimula, consanguíneo da manequim ‘38’!

Verdades secretas III

Parece que o clima político da Câmara de Lorena tem incentivado mais que discursos acalorados nas sessões do Legislativo. Vozes dos corredores dão conta que dias atrás houve uma estranha movimentação de ‘gêneros’ de um gabinete para outro, com ares de relações ‘perigosas’. Houve um espirituoso exclamando: “o amor está no ar!”

Santo regimento

Tem eleitores na região preocupados com a possibilidade do Congresso Nacional descobrir e adotar o regimento interno da Câmara de Aparecida. Tudo porque, no caso do vereador Elcio Ribeiro – o Elcinho, que se encontra afastado de suas atividades parlamentares por ordem da Justiça local, segundo a interpretação da maioria dos colegas de Legislativo, não existe motivo nem ‘quebra de decoro’ para que o mesmo tenha seu mandato cassado. Imagina se isso virar moda em Brasília? Vai ter deputado votando de dentro da cadeia por ‘vídeoconferência’, sob a direção de Eduardo Cunha…

E vai rolar a CEI

Com baixa motivação, a CEI do IPTU complementar de Pinda rola quase que em ‘câmera lenta’ na Casa de Lei, revivendo momentos das administrações dos ex-prefeitos João Ribeiro, Vito Ardito e do atual chefe do Executivo, Isael Domingues. Comenta-se pelos balcões mais movimentados da cidade que se não fosse o protagonista da investigação Rafael Goffi insistir no assunto, nem mesmo parte da população que pagou a conta se recorda com facilidade do tributo, que dirá da eventual moralidade da cobrança.

O terço e a política

A experiência tem ensinado que ‘política e reza’ não se misturam na eleitoral. Vários detentores de mandatos que apelaram para o sentido religioso no exercício da vida pública não mantiveram uma carreira harmoniosa e acabaram expelidos pelas urnas em virtude de uma congestão ideológica. Qualquer semelhança com o vice-prefeito de Guaratinguetá, que teve sua ‘batata assando’ nos últimos dias, pelas mesmas contingências, dependendo de desfecho futuro, poderá não ser mera coincidência!

Dismorfofobia

Você sabe do que se trata? Também conhecida como transtorno dismórfico corporal, é a síndrome que domina pessoas viciadas em tirar selfies, ou seja, fotos delas mesmas, sozinhas ou acompanhadas. De acordo com o mercado político de Guará, esta síndrome contagiou a equipe de governo do prefeito Marcus Soliva. A prova disso foi a repercussão do ‘churrasco do Gomeral’, ocorrido na semana passada, cujo ‘festival de selfies’ municiou a oposição para ‘atirar pesado’ contra o treinamento de secretários e assessores, traduzida pelas esquinas da cidade como uma afronta à população. Perguntem ao Chico Anísio!

Contas rejeitadas

As contas conjugadas do ex-prefeito Naldinho Zanin e do atual Lucemir do Amaral, referentes a 2015, que foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado, parecem não preocupar a dupla, muito menos a maioria dos vereadores. Segundo a boca pequena, nas preliminares de um provável acordo, foi decidido que a Câmara deverá derrubar o parecer contrário do Tribunal, uma vez que ambos, Naldinho e Lucemir, fizeram até voto de ‘santidade administrativa’. Perguntem ao Dé, protagonista do único voto contrário a ‘bandalheira’!

Por falta de um, dois!!!

Toto
Roberto Bastos

Para quem imaginava que Lorena não teria candidato a deputado no ano que vem, por falta de um, vai ter dois.

Principalmente se o secretário de Cultura, Toto de Oliveira Bastos efetivar sua candidatura.

Quem parece que não ter gostado da ideia, é o vereador Fabio Matos que imaginava ser candidato único pela cidade.

Nova lista

Decididamente Guaratinguetá, se não passar Pindamonhangaba na próxima eleição em quantidade de candidatos a deputado, deve empatar. Na terra de Frei Galvão, Regis Yasumura (agora PSB) não vai conseguir a primazia em desfilar sozinho na passarela eleitoral. O médico e também ex vice-prefeito, Doutor Calé, já está correndo a região para viabilizar seu nome. O presidente da Câmara, Celão está sendo motivado por diversas comunidades, em especial a do Tamandaré, a entrar na disputa por uma vaga na Assembleia Legislativa. O capitão Gusmão deverá ser lançado pelo um grupo de amigos denominado de ‘G40’ – sob o comando de Martins; já pela plataforma do PMDB, tem gente duvidando que o vereador Décio Pereira pré-lançou sua intenção de candidatar-se, apenas para esquentar a vaga para Argus Ranieri. Quem segue na zona de conforto como único postulante a federal até o momento, é o ex-deputado Marcelo Ortiz. Ah! Quem também acenou ao PR que, se precisar estará pronto a encarar uma candidatura estadual, é o Dr. Rogério, que precisa desta eleição para mostrar que está ativo na política para as municipais de 2020. Lembrando que ainda tem o lendário Dr. João Carlos (PT) e a incógnita de Chico Hair, que merecem atenção.

E por falar em Pinda…

…a diversidade de postulantes a deputado não perde para nenhuma cidade da região. É voz corrente que dos corredores da administração Isael Domingues, alguns nomes se destacam para uma receita ‘caseira’ junto com o pré-candidato a federal Ricardo Piorino (PR): o subprefeito de Moreira Cesar Nilson ou ‘na melhor das hipóteses’ – segundo a ala jovem – o professor Everton, atual secretário de Esporte. No cenário do legislativo, existe uma costura fina nos bastidores para que o presidente Magrão (PR) encare o desafio de não deixar o vereador Rafael Goffi (PSDB) como único candidato da Câmara. Vozes da periferia dão conta que Carlinhos Casé (PV), Miryan Alckmin (PPS), Herivelto Vela (PT), Luiz Rosa (PRP) e Frangão (partido indefinido) devem passar a cidade a limpo atrás dos eleitores, num provável aquecimento para as municipais de 2020. Além destes nomes, a grande aposta de mercado é se Vito Ardito que já trocou até o PSDB pelo PSD, vem candidato ou passa a vez.

Não convidem para…

…a mesma picanha os vereadores de Pinda, Rafael Goffi e Renato Cebola, principalmente se o churrasqueiro for o deputado estadual Ramalho da Construção!

Antes tarde do que nunca

Quem acompanhou a sessão de Câmara de Lorena da última segunda-feira, se surpreendeu com a postura do presidente Tão, encarando o vereador Elcinho Vieira para prevalecer a ordem e o cumprimento do regimento (o oficial) e manter a ordem no plenário. A tanga está apertando…

Perdido no Regis

Corre na boca pequena de Guará que a campanha do vice prefeito Regis Yasumura, que busca ser deputado pode, complicar se ‘levar um perdido’ do federal Flavinho da Canção Nova. Circula entre os bem informados do PSB, que entre os planos futuros de Flavinho está a transferência de seu domicílio para Brasília para tentar se eleger senador da República pelo Distrito Federal. Pelas contas da patuleia, se isto acontecer, Yasumura vai precisar de um federal ‘bom de serviço’ para não ‘morrer na praia’. Perguntem ao Toninho Malvadeza!

Mensagem cifrada

Parece que tem contratada em cargo de confiança que terá de responder o motivo para a abertura de espaço em sua secretaria, na última semana, para homenagear ‘dois’ prefeituráveis de cores divergentes de quem libera seu holerite no final do mês!!!

Falha de protocolo

Corre na boca pequena da municipalidade que até o momento da sessão solene da Câmara de Lorena, que concedeu títulos de cidadania, o convite oficial não havia chegado ao gabinete do chefe do Executivo. A pergunta que não quer calar: a finalidade era apenas a participação dos prefeitos da região, ou foi falha de protocolo???

Em Baixa

O prefeito de Cachoeira Paulista, Edson Mota, que não pagou e não quer pagar o direito trabalhista dos funcionários demitidos da rede pública de saúde. Enquanto acertava o contrato polêmico com a terceirizada Isec, o “homem bom” nem se deu ao trabalho de ajustar as contas para amenizar os futuros problemas de quem se negou a aceitar as propostas impostas. Agora fica a cargo dos vereadores e da justiça, ou será que só Deus na causa dos demitidos?

Em Alta

A homenagem oferecida durante sessão solene da Câmara de Lorena, na noite desta quinta-feira. O destaque ficou por conta do vereador Beto Pereira e seu homenageado, Silvio Sanzone, proprietário da Rádio Metropolitana, que tem se fixado como uma das bases da mídia séria na região em meio à série de pelegos que se proliferam após o advento da comunicação pela internet. Enquanto a web deu voz aos entroncados, Pereira deu voz à mídia de verdade.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>