Bastidores da Política

Após o vendaval

Isael Domingues
Isael Domingues

Bastou a ‘poeira baixar’ do óbito ocorrido na última semana, no Pronto Socorro de Pinda, para os vereadores retomarem suas aparições no cenário da Saúde pública. Enquanto duraram as manifestações e o povão ameaçando ‘quebra-quebra’ no Paço Municipal, somente o prefeito Isael Domingues, com um tom conciliador, marcou presença na região de conflito para dar satisfação ao público e posicionar sua administração para uma solução.
Questão de justiça: diferentemente de alguns vereadores que apenas postaram vídeo no Facebook, Ronaldo Pipas foi visto pessoalmente na região de conflito tentando apaziguar os ‘revoltados’…

Volta por cima

Galão Aquino
Galão Aquino

Após ser massacrado nas redes sociais pelo ‘Laranja Sonora’, a pedido do ‘peçonhento’, o ex-vereador Galão Aquino celebrou nesta quarta-feira a vitória no Tribunal de Justiça na acusação de compra de veículo para Câmara de Lorena com valor de R$ 1.200,00 acima do preço de mercado. Lembrando que na mesma ação, respondiam os ex-vereadores Marcelo Bustamante e Aldemir Barbudo, ambos absolvidos da perda dos direitos políticos por cinco anos.

De acordo com as conversas dos corredores da Prefeitura, Galão que ocupa hoje a secretaria de Governo na administração Marcondes, teve sua estima potencializada com a notícia e já deixou claro que agora vai pra cima do ‘peçonhento’, que coleciona uma série de ações de improbidade no Judiciário, e condenação que coloca em risco sua saúde eleitoral para próxima eleição!!!

Condenação & sucumbência

Inêz Vieira
Inêz Vieira

Se a Justiça deu motivo de festa para o ex-vereador Galão Aquino, para a ex-presidente do Comercial de Lorena, Inêz Vieira, a situação foi inversa. O Tribunal de Justiça condenou o Clube a indenizar a família da jovem assassinada no interior do Clube durante uma festa em 2014, quando ocorria um baile. A sentença apontou responsabilidade da diretoria executiva na locação do espaço, por falta de procedimentos de segurança.

Pelo andar da carruagem, a ex-presidente já deve estar se preparando para pagar a conta, ou melhor, a indenização estimada incialmente em R$ 80 mil acrescida das devidas correções e demais sanções. Com a a palavra o corpo jurídico que custou aos associados mais de R$ 177 mil (período de 2013 a 2016) para defender os interesses do Clube e pelo jeito…

Oficial de Justiça
Rolou nas principais concentrações políticas de Cachoeira neste início de semana que a ‘visita’ de um oficial de Justiça ao prefeito Edson Mota, acabou por deixá-lo estressado, ao ponto de se ouvir gritos e palavrões pelos corredores do Paço Municipal. Enquanto isso, chega a informação que a Prefeitura de Silveiras continua recebendo constantemente a presença de agentes da Federal de Cruzeiro, em busca de informações e requisição de documentos. Tem gente apostando pelas esquinas que isto ainda não vai acabar bem, principalmente para quem tem…

Gestão de vanguarda
Se alguém ainda tinha dúvidas sobre o ‘poder de fogo’ administrativo de Miguel Sampaio, após a divulgação do balanço de 100 dias no comando do SAEG de Guará, já tem outro conceito. A autarquia, que em 2015 pontuou prejuízos na ordem de R$ 6,5 milhões e, em 2016, acumulou mais R$ 4,5milhões, nestes primeiros três meses de 2017, o superávit já projeto para o ano mais de R$1 milhão.

Segundo a crítica, Sampaio começou cortando a ‘própria carne’ como mostra do que viria pela frente, ou seja, reduzindo 30% do próprio salário a que tinha direito. Legal foi saber que aqueles ‘fornecedores’ alojados na Companhia por obra e graça franciscana foram sendo deportados um a um. Ah! Lembrando que além do SAEG, o ‘homem forte’ da administração Marcus Soliva armou até trabalho e faturamento para tirar a Codesg (a segunda autarquia da Prefeitura) do vermelho. Eles passaram a somar recurso até com o lixo!

Mercado em dúvida
Enquanto o prefeito Isael Domingues prepara o chamamento para uma nova administração para o Pronto Socorro, numa nítida demonstração de resposta ao ocorrido, a crítica política de Pinda suspeita que será como trocar ‘seis por meia dúzia’, porque a mesma dificuldade enfrentada pela Santa Casa na urgência e emergência na atual conjuntura vai ser filme repetido com um outro possível comando. Em resumo, segundo a ‘boca pequena’, a tragédia anunciada é de mais de cem demissões pela frente e a possibilidade do Pronto Socorro cair na mão de algum parceiro de campanha.

Novo galo no terreiro
Como esperado e anunciado pela especulação política de Lorena, a bancada governista da Câmara Municipal estreou esta semana sob nova direção. Luizão assumiu a liderança do grupo após a escorregadinha do vereador Vandinho e não deixou nada a desejar diante do desafio de enfrentar as fantasias de um opositor que não tem nada a perder, a não ser a saúde eleitoral. Perguntem à Justiça de Lorena!!!

Quebra de isonomia
O que poucos deram conta esta semana, no mercado político de Guará, foi o projeto do Executivo aprovado por unanimidade no Legislativo, que extinguiu a isonomia entre os funcionários da Prefeitura e da Câmara. A partir de agora ambos os gestores, Marcus Soliva e Marcelo Coutinho vão poder potencializar seus funcionários dentro da realidade própria. Disseram que os trâmites foram tão bem orquestrados e precisos pelos governistas que não chamou atenção nem dos ‘notáveis de esquerda’, infiltrados nos gabinetes da oposição. Ah! Rolou um papo que eles nem sabiam o significado de isonomia…

Pedágio II

Nei Carteiro
Nei Carteiro

O vereador Nei Carteiro ainda não se manifestou sobre qual estratégia deverá utilizar para apurar o suposto pedágio de salários na assessoria de um dos gabinetes da Câmara de Guará. Como presidente da Comissão de Ética, ele respondeu aos curiosos, digo, repórteres, que nenhuma denúncia formal chegou em suas mãos. Enquanto Nei ‘desconversava’ sobre a primeira denúncia, outra surgia nos bastidores da Casa; pelo que se ouviu, há suspeita que um segundo gabinete esteja praticando também o ‘milagre da multiplicação’!!!


Comida pra dar e vender…

As crianças da rede municipal de Canas estão prontas para ganhar qualquer gincana no Estado, no quesito ‘alimentação’. Segundo o mercado político local, somente no mês de março a prefeitura investiu mais de R$ 40 mil em carne na merenda escolar. Mas não é apenas na merenda escolar que o prefeitão investe.

Pelo menos um terço da população da cidade deve receber cestas básicas. Considerando os valores pagos pela administração nas referidas cestas e ainda acrescido de gêneros alimentícios, o montante chega a ‘bagatela’ de R$105.846,00. Se levar em conta a população da cidade, estimada em 3.800 habitantes, se o valor unitário por cesta for em média R$ 70,00 significa que um terço dos moradores locais estão recebendo reforço alimentar da Prefeitura. Parabéns Lucemir do Amaral!!!

Deletado da rede
Se depender do poder de articulação do prefeito Thales Gabriel, até o final de seu mandato cerca de 70% das lideranças de Cruzeiro estarão inseridas em seu governo. Pela observação local, o prefeito, além de novo, é inovador em sua política de coalizão, e se tiver reeleição, vai ser difícil surgir adversário à altura, perto dos ‘caciques’ que sobraram às margens da administração pública. Perguntem ao Tio, que sonha em ser prefeito!

A pergunta que não…
…quer calar Onde estava o vice-prefeito de Pinda, Ricardo Piorino, quando a batata assou geral nos dias de conflitos e manifestações contra a morte da criança, supostamente por falha no atendimento da Saúde Municipal? Será que alguém já o informou que a confusão acabou? Afinal, desde então…

Em Alta
O prefeito de Pindamonhangaba Isael Domingues e o vereador Ronaldo Pipas, que diante da fatalidade da morte da garota na fila da Saúde, se mantiveram frente às manifestações. Embora sendo hostilizados por populares que ameaçavam invadir e depredar o Paço Municipal, souberam se conduzir abrindo diálogo com a população em busca de solução para minimizar os problemas.

Em Baixa
A Câmara Municipal de Pindamonhangaba, que se manteve omissa frente as manifestações contra as falhas no atendimento do Pronto Socorro que resultou na morte da garota de 4 anos. O posicionamento, ou melhor, a falta dele, deixou a população sem saber de que lado a Casa do Povo está alinhada, frente às ocorrências e demandas que compreendem a vida civil.

Controvérsia
O vereador Pedro da Vila Brito (PTB) que compõe a bancada de oposição na Câmara de Lorena, que consegue ofender e enaltecer o prefeito Fábio Marcondes (PSDB) numa única frase. Esta semana, após ‘esculhambar’ o prefeito na Tribuna do Legislativo com o adjetivo ‘ridículo’, concluiu seu pensamento justificando seu ‘respeito’ por ele.

Sandálias da Humildade
…ao secretário de Promoção Social de Guaratinguetá, Alexandre Dias, a pedido de integrantes de sua própria equipe de trabalho (que não podem se manifestar). Ventos dos corredores da municipalidade dão conta que num eventual concurso interno de o ‘mais importante’, a humildade que sobra no prefeito com certeza falta para ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>