Bastidores da Política

Juntando as mobílias

Argus Ranieri e Marcelo Pazzini
Argus e Pazzini

Entre a soma e dividendos da junção do MDB de Argus Ranieri com o PSDB de Francisco Carlos em Guaratinguetá, além de alguns nomes e uma série de ‘viúvas’ para dar palpites, o mercado político local não vê progressos alarmantes, principalmente com o fantasma do ‘tapetão’ rondando o ninho tucano, que arrisca seguir o curso da próxima campanha sob nova direção.

Mas se valer a foto que viralizou esta semana nas redes sociais, Marcelo Pazzini poderá ser o vice de Argus.

Durmam com este barulho…


Salvando o holerite

Corre na boca pequena de Canas que o ainda prefeito Lucemir do Amaral pensa em renunciar seu mandato em tempo hábil de poder disputar vaga na futura Câmara da cidade. Se de fato confirmar a ‘façanha’, o vice Ângelo Glaglia assumiria o mandato-tampão e com certeza os ‘ônus’ no final do mandato.

Jogo duro

Se é fato que Lucemir estaria ‘abrindo mão’ dos últimos meses de mandato de prefeito para garantir sua continuidade financeira às custas da política na futura Legislatura, a realidade é que deverá disputar território com Valderez de Lucena, que também pretende estar entre os próximos vereadores de Canas.

Queda de braços

Pelo andar da carruagem, os eleitores de Canas estarão na próxima eleição em meio ao fogo cruzado entre Silvana Zanin e Gustavo Lucena. De acordo com os especialistas locais, qualquer outro nome que possa surgir no cenário eleitoral como eventual candidato a prefeito não passará de uma simples terceira via. Perguntem ao Laerte!!!

Movimentação da periferia

Quem passou pelo Bar do Sanhaço nos últimos dias pode flagrar os ex-vereadores Mafú, Fabrício da Funerária e Caninha conjecturando uma frente partidária para garantir vaga na futura Câmara de Lorena. Disseram que após definir a seleção de quem entra no grupo, vão aguardar até a fase das convenções para escolha do prefeiturável adequado.

Caminho aberto

Motivado pelo final do governo de Fábio Marcondes e pela falta de nomes a sucessão, quem busca se posicionar como pré-candidato a prefeito de Lorena é o empresário Rogerinho 100%, que soma em seu currículo dois mandatos de vereador. Na mesma direção de Rogerinho, quem trabalha também para ser candidato é o ex-vice de Marcondes, JC do Supermercado, possivelmente ‘isqueirado’ por alguns espirituosos do Bairro da Cruz. Perguntem ao Aldemir Barbudo!!!

Estrelando no eleitorado

Motivado por um público seleto de religiosos, o jovem Fernando da Renovação pode ser um dos estrelandos da próxima Câmara de Lorena, como representante nato dos carismáticos. Comenta-se nas rodas do pessoal da fé que a maioria dos católicos não se sentem representados no Legislativo local, com o ‘homem que blasfema’ na tribuna.

De olho na renovação…

…do quadro de vereadores de Lorena, o professor Vanderson do Violão reúne apoio entre os evangélicos e amigos dos mais diferenciados segmentos da cidade para emplacar nas urnas do ano que vem e garantir vaga na futura Câmara. Disseram que educação e respeito não faltam no professor!!!

Prazo de validade

Quase expirando seu prazo frente à Prefeitura de Cachoeira, o prefeito em exercício Domingos Geraldo ainda não avançou nas negociações pretendidas para livrar o prédio da Santa Casa do leilão judicial. Num balanço geral da especulação política local, Domingos, em cerca de 30 dias no cargo, acabou contribuindo mais com o prefeito afastado Edson Mota com as exonerações, que propriamente com à população que aguardava uma série de medidas do Executivo. Perguntem ao Hummel!!!

Não convidem para…

…a mesma picanha – O pessoal da secretaria de Cultura de Guará – leiam-se os secretários: o ex Luiz de Carvalho e a atual Aline Carla – e o vereador Marcio Almeida, principalmente se o churrasqueiro for o presidente da Câmara, o Celão, e o encontro for para discutir o pré-projeto que engessa as construções e reformas do centro da cidade!!!

Agora é oficial

Com a ‘costura fina’ do vereador João Pita – porta-voz do Executivo no Legislativo, a Câmara aprovou nesta semana, por unanimidade, o projeto que cria o Alvará Simplificado em Guará. A iniciativa do prefeito Marcus Soliva, além de desburocratizar a geração de novas empresas que se instalam no município, busca agilizar o processo, permitindo que em 5 dias qualquer estabelecimento entre em funcionamento e passe a contribuir para geração de renda.

Antecipando os fatos

Magrão
Magrão

Corre na boca pequena de Pinda que o vereador Carlos de Moura – o Magrão, em frequentes aparições nas festas e comemorações de Moreira César, andou discursando entre os amigos e eleitores como eventual candidato a vice prefeito (sem revelar de quem),e que uma vez eleito, deverá ser o sub-prefeito do Distrito, com liberdade para investir e realizar ações para melhoria de vida da população.

Parece que ele empolgou a torcida…

 

 

Se virando nos ‘trinta’

Délcio Sato
Délcio Sato

Quem observa o prefeito de Ubatuba Délcio Sato (PSD) correndo atrás de recursos para geração de obras na cidade – fazendo projetos para as construções acontecerem; executando as serviços; chamando a população para comemorar as inaugurações e, finalizando com a prestação de contas de tudo ao Tribunal de Contas – não consegue entender a oposição ‘sinistra’ movimentando as redes sociais na tentativa de plantar desconfiança nos eleitores.

Parece até uma agressão à inteligência das pessoas…

Quatro nomes e uma…

…possibilidade O mercado político de Ubatuba avalia que dos quatro supostos postulantes ao cargo de prefeito em 2020 que andam movimentando as redes sociais e grupos de comentarias na cidade – Rogério Frediane, Flávia Pascoal, Ednelson Prado e Eduardo César (mesmo com pendências eleitorais) – apenas um, quando muito dois, podem estar entre as candidaturas oficiais nas pós convenções partidárias, concorrendo contra Délcio Sato, que busca sua reeleição.

Saia justa

O mercado político de Pinda parece que detectou o porquê do constante tom de críticas ao prefeito Isael Domingues no bairro do Pasin. De acordo com a especulação, isto provavelmente tenha a ver com o vereador Rafael Goffi, ou melhor, com pessoal que supostamente está ou esteve com seus holerites cadastrados na folha de pagamento do parlamentar. Pelo que rolou nas redes sociais da cidade, ‘pai, mãe e filho’, todos recebendo muito para fazer o ‘dever de casa’, ou seja, ‘pau no prefeito’…

Mamãe toca fogo

‘Mamãe tocou fogo e os vereadores resolveram apagar o incêndio com gasolina’. Esta foi a leitura do mercado político de Cachoeira a respeito da denúncia com abertura de CPI na Câmara, formulada pela mãe de Breno Anaya contra o suplente Guilherme Marcondes, por viagem particular com dinheiro público. O que talvez ninguém da ‘motolândia’ imaginava era que na resposta do denunciado viria a aprovação de uma CPI contra Anaya, aprovada com 8 votos. Ah! Como Guilherme saiu de cena no Legislativo, acabou a legalidade da CPI; em compensação, a do filhinho pode lhe tirar o coro…

Predição

O mercado político de Potim dá como certo que a prefeita Erica Soler pretende conservar sua aliança com o vice Marcinho do Supermercado na corrida eleitoral para seu segundo mandato. O que não está no script da especulação, é sua provável migração do PL de Marcio Alvino para o PSDB de João Doria, para desespero do vereador tucano João Luiz, que promete ‘rasgar a fantasia’ de superman, se a predição se cumprir. Perguntem ao Tchesco da CDHU!!!

Em Alta

Pindamonhangaba – O prefeito Isael Domingues (PL), que assinou na última terça-feira a homologação da licitação para a reforma do Abrigo Municipal, que em breve será transformado no Cepatas (Centro de Proteção e Atendimento aos Animais). Com um investimento superior a meio milhão, a iniciativa busca otimizar o atendimento de saúde a diversas espécies no município. A atitude do Executivo foi elogiada por protetores da causa animal, que há décadas esperavam pela medida. Outra medida que foi bem comentada na cidade correu por conta do Castramóvel, que percorreu os bairros da município esterilizando cães e gatos, numa medida preventiva à procriação desordenada.

Em Baixa

Edson Mota – O afastado prefeito de Cachoeira Paulista, que consegue a proeza de até hoje ser alvo de críticas da população de Silveiras, onde governou até o início de 2016. O nome de Mota voltou a ser “apedrejado” pelos silveirenses, já que durante sua gestão, o ex-prefeito comprometeu-se a reformar as principais quadras poliesportivas da cidade, o que não ocorreu. Em contrapartida, na última semana o atual chefe do Executivo, Guilherme Carvalho (PSDB), anunciou um investimento municipal de R$ 160 mil para a recuperação dos espaços esportivos de quatro bairros. A notícia foi comemorada por muitos que torcem para que Mota e sua trupe permaneçam longe da cidade.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

× Como posso te ajudar?