Bastidores da Política

Seis por um…

Thales Gabriel, que já usa novas verbas para pavimentar ruas da cidade (Foto: Arquivo Atos)
Thales Gabriel

Corre na boca pequena de Cruzeiro que o prefeito Thales Gabriel ainda não definiu a metodologia para escolha do seu próximo vice em sua eventual candidatura à reeleição.

Comenta-se que pelo menos cinco interessados – no espaço hoje ocupado por Dr. Davi Mota – acenaram para Gabriel: Rodolfo Scamilla, Charles Fernandes, Patrícia Baptistella, José Kleber e Sávio Rocha.

Ah! Parece que nos bastidores da Câmara, o presidente Mário Notharangelli, se for convidado, aceita a parada.

Aí, seriam seis de olho na vaga…

Endosso popular

Os ventos quando estão favoráveis na política até uma audiência pública reverte em dividendos eleitorais. Caso do prefeito Délcio Sato, que tem percorrido os principais bairros de Ubatuba para adesão popular para o plano integrado de Saneamento Básico da cidade. Nesta semana, no cenário da Câmara Municipal, com um ciclo de participação satisfatória, Sato ganhou ainda mais forças até para contabilizar os mais de R$ 60 milhões de investimentos em obras locais da Sabesp numa nova fase contratual.

Todas as línguas

Délcio Sato
Délcio Sato

E por falar em Sato, num plano de integração das muitas frentes religiosas e sociais de Ubatuba, ele se reuniu com mais de 200 líderes evangélicos na manhã deste sábado.

O prefeito participou de um café de comunhão com o grupo de pastores e suas lideranças com a intenção de aproximar ainda mais seu governo dos projetos sociais e de eventos ligados às igrejas e congregações do município.

Clima tenso

Soliva
Marcus Soliva

Entre a pressão política dos últimos dias, ameaças e princípio de chantagens – tentando envolver o prefeito Marcus Soliva num ‘mar de lamas’ – o eleitorado que consegue enxergar a Guaratinguetá de hoje em comparação a de um passado quase que recente sai em sua defesa ponderando seu crédito perante à população pelo que muito fez em tão pouco tempo.

Ou seja, se a ideia de ‘meia dúzia’ era fragilizá-lo, o efeito tem sido contrário…

Quem procura, acha

Eleitores em busca de novas apostas para o Legislativo de Lorena têm encontrado nomes acima da média despontando no mercado político. Além do cirurgião Rogério Diniz (destaque desta coluna na semana passada), o advogado Luiz Gustavo Matos de Oliveira (conhecido Babalu) já admitiu nas mais diferentes rodas sociais disputar uma das vagas da próxima Câmara. Gustavo é mais um dos postulantes atentos na composição dos partidos, analisando o nível de confiabilidade dos integrantes para direcionar sua filiação.

Ponta de lança

Marietta Bartelega
Marietta Bartelega

Sob nova direção, o MDB de Lorena andou movimentando nomes da política local nesta semana. Novas adesões foram devidamente registradas e o nome de Marietta Bartelega preservado no partido como ‘ponta de lança’ e aposta numa composição majoritária para próxima eleição.

Entre idas e vindas a sigla deverá contar com um grupo forte de candidatos ao Legislativo, seguramente alinhados com a sucessão do prefeito Fábio Marcondes.

Perguntem ao Galão Aquino!!!

Risco anunciado

O prefeito Edson Mota pode ser alvo de nova denúncia na Justiça por desperdício do dinheiro público frente à Prefeitura de Cachoeira. Pelo que ouve nas esquinas da cidade, ele está gastando cerca de R$1,5 milhão na reforma do Pronto Socorro, sendo que o espaço é agregado ao prédio da Santa Casa que inevitavelmente está indo a leilão por dívidas trabalhistas. Disseram ainda que o MP aguarda denúncia pra investigar até a planilha de obras cuja veracidade das notas não condiz com a realidade das obras…

Pimenta nos olhos…

…dos outros, é refresco Acostumado a “fabricar” CEI’s contra o prefeito Isael Domingues (PR), o vereador Rafael Goffi (PSDB) virou alvo de investigação dos próprios colegas na Câmara de Pinda. Proposta pelo Professor Osvaldo (PR), a comissão vai apurar a denúncia que Goffi já responde no Ministério Público sobre a prática de ‘Caixa 2’ e omissão de receitas em sua prestação de contas. Após a instauração da CEI, Goffi foi às redes sociais para contestar seus colegas de Legislativo tentando desqualificar a relevância da investigação. Na avaliação política da cidade, sua postura foi vista como contraditória, já que sempre afirmou nas aberturas de CEI’s contra o Executivo que “quem não deve não teme”.

Dando linha no ‘Pipas’

Outro vereador que tornou-se centro de investigações em Pinda, foi Ronaldo Pipas (PR), acusado de homofobia, machismo e quebra de decoro parlamentar. A vereadora Gislene Cardoso (DEM) foi firme ao propor a investigação, e vai analisar a denúncia de um funcionário do Pronto Socorro que afirma ter sido ofendido por Pipas com palavras homofóbicas. Ah! Consta na ocorrência que o parlamentar declarou que ele não podia exercer seu trabalho por ser homossexual. A comissão também analisará vídeos e áudios de entrevistas em que Pipas supostamente demonstra preconceito contra homossexuais e machismo contra as mulheres.

Não será por falta…

…de concorrentes – Tem gente apostando que até o período eleitoral a cotação do prefeito Thales Gabriel deverá entrar em oscilação, motivando o surgimento de outras candidaturas majoritárias em Cruzeiro. Comenta-se pelas rodas políticas do pedaço que o ex-vereador Juarez Juvêncio anda ensaiando uma dobradinha com Fernando Moreira; o mesmo acontece com Paulo Antônio e Marco Aurélio. Quem viver, verá!!!

Em ritmo de Bolsonaro…

…com baixa adesão – o PSL de Guará realizou dois mutirões para angariar filiações, porém, sem a confirmação de nomes com ‘cacife eleitoral’ capazes de impressionar o mercado político da cidade. Disseram que o plano B do partido é tentar usufruir da ‘gordura eleitoral’ que ainda resta no nome do presidente da República, sondando de longe os principais candidatos para quem sabe sobrar uma cadeira de vice. Ou não vice!?!?

Não convidem para…

…a mesma picanha o presidente da Câmara de Guará, Marcelo Coutinho – o Celão e o secretário de Esporte Joel Pinho, principalmente se o assunto for invasão de área política no Tamandaré, e o churrasqueiro for o vice-prefeito Regis Yasumura!

Recado certo, alvo fácil

A troca de críticas entre o presidente da Câmara e o secretário de Esporte de Guará foi mais longe que as redes sociais. Chegou, ou melhor, caiu como mais uma bomba no gabinete do prefeito Marcus Soliva, que apesar de não ter nada a ver com o caso, vai ter de descascar o abacaxi. Após se deparar com a inconveniência política do apadrinhado do vice-prefeito em seu reduto eleitoral, Celão disparou geral. Além de criticar o desempenho do secretário, o chefe do Legislativo pegou por tabela o segundo escalão do Esporte, respingando em Regis, ao lembrar quem tem voto no parlamento…

Faca no pescoço

Após rejeitar sumariamente um pedido de um morador para abertura de uma CPI para investigar Ernaldo Marcondes, afastado do cargo de prefeito pela Justiça, o presidente da Câmara, Wadê Pedroso não desperdiçou a segunda chance. De acordo com a patuleia, o pedido posterior de quatro vereadores para abrir investigação sobre os BO’s de Marcondes, foi a ‘salvação da lavoura’ para Wadê não responder na Justiça por prevaricação. Sem pensar duas vezes, colocou na pauta de discussão e respirou aliviado ao ser aprovado em plenário.

Os números falam…

…por si – Depois de uma marola de críticas patrocinadas pela oposição – leia-se o acusado de receptação de carro roubado na Câmara, o prefeito Fábio Marcondes teve o conforto de suas contas de 2017 terem sido aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado. A boa notícia chegou seguida à atitude do Ministério Público em fracionar as ações de uma sequência de compras diretas que Marcondes teve que autorizar em 2013 – quando assumiu a Prefeitura num contexto de desordem econômica e falta de crédito em Lorena.

Mensagem cifrada

Se o eleitorado da cidade vizinha ‘arrepia os pelos’ em pensar em ‘caixa 2′, imaginem os daqui, convivendo com caixa 4: o oficial, o que custou, o que foi repartido e o que guardaram no bolso…

Em Baixa

Câmara de Cachoeira – Após ignorarem o clamor popular, os vereadores receberam uma “enxurrada” de críticas por terem rejeitado a abertura de uma CEI contra o prefeito Edson Mota (PR), por contratação irregular com gastos de mais de R$1 milhão. Além de Breno Anaya (PSC) e Max Miranda (DEM), estão sendo criticados por impedirem a investigação os vereadores Agenor do Todico (PSDB), Aldeci Baianinho (PSC), Carlinhos da Saúde (PSD), Dimas Barbosa (PTB), Mariza Hummel (PP), Nenê do São João (PSB), Vica Ligabo (PTB). Rola nas redes sociais uma forte campanha para que os vereadores da “Tropa de Choque de Mota” não sejam reeleitos.

Em Alta

Silveiras – Novamente cumprindo uma de suas promessas de campanha, o prefeito Guilherme Carvalho (PSDB) distribuiu uniformes escolares para os mais de 850 alunos da rede municipal de ensino, num investimento municipal de mais de R$15 mil. O ato do prefeito foi elogiado pelas famílias, principalmente as de baixa renda, que pelo segundo ano consecutivo não necessitam gastar na compra de roupas para que as crianças frequentem as aulas. O notável trabalho de Guilherme na reorganização do município tem evidenciado o abismo na qualidade de sua gestão, em comparação ao do seu antecessor, Edson Mota (PR), que foi capaz de deixar os estudantes sem uniformes por anos.

 

 

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

× Como posso te ajudar?