Bastidores da Política

Junior FilippoProposital ou acidental?
Quem falou que os experts da política não sofrem recaídas? A parte do Carnaval de Guaratinguetá, o que mais se ouviu nos cafezinhos e esquinas da cidade foi a suposta gafe do ex-prefeito Junior Filippo, em gravar uma mensagem de voz via WhatsApp, a ‘amigo’ chamado Moura (que não é o Brasil). Disseram que na gravação o Coronelzinho ironizou o discurso de ‘NOVO’ do prefeito Marcus Soliva, contratando pessoas para seu primeiro e segundo escalão que pertenceram ao seu governo passado. A pergunta que não quer calar: trata-se de uma gravação intencional ou acidental?

O império contra ataca
Não faltaram oportunistas da impren$a doméstica para transformar a gafe do ex-prefeito Junior Filippo em ‘fogo cruzado’ entre os citados na gravação. Em resposta, Miguel Sampaio foi a ‘favor da onda’ valorizando os ex-comissionados do governo do Coronelzinho pela competência, e Marcus Soliva por não se prender a ‘ranços políticos’.

Até a próxima eleição
Rola entre os bem informados de Cruzeiro que tem eleitor esperando o vereador mais votado da cidade vir pedir voto na próxima eleição. Segundo a boca pequena, parece que não é apenas com os colegas de Câmara que o discurso está diferente e ríspido. Perguntem ao Bosquinho!

O que muitos querem saber
E por falar em Cruzeiro, tem gente querendo saber até onde vai a subserviência do prefeito Thales Gabriel, ao comando que vem do estabelecimento da Vila Brasil? Disseram que até para o ‘homem’ se ajeitar na cadeira, tem que consultar o ‘eminência parda’. Pelo menos esta é a voz corrente nos meios políticos da cidade!

RoderleyPerguntar não ofende
Ainda divide opiniões a informação que o governo Ardito deixou um rombo de cerca de R$ 70 milhões nos cofres públicos de Pinda. A suposta supervalorização dos ‘números’ levantados pelos secretários do atual prefeito Isael Domingues conflitaram com o relatório do terceiro quadrimestre apresentado na audiência pública de fevereiro, na Câmara Municipal. Perguntem ao vereador Roderley Miotto!


Na hora de dizer o sim

E por falar em audiência pública, nem todos os vereadores de Pinda estão participando ativamente dos encontros sediados na Câmara, com a finalidade de ouvir a ‘população’ e coletar reivindicações sobre o transporte público da cidade. Mas há quem aposte que, na hora de manifestar o voto que poderá abrir o processo licitatório, a maioria dos parlamentares já sabe o que vai fazer. Pelo menos isto é o que se ouviu durante um encontro ‘quase casual’ entre um vereador, ‘alguém’ do ramo de transporte e um membro do primeiro escalão da administração pública, numa padaria ‘conhecidíssima’ do pedaço.

Pega na mentira!
O prefeito de Lorena, Fábio Marcondes, foi preciso na última quinta-feira ao rebater nas redes sociais a mentira plantada pelo ‘Porco Tatuado’ de que a Santa Casa da cidade estaria ‘fechando suas portas’. Milhares de pessoas compartilharam a favor do Executivo, em detrimento das mentiras e calúnias que o estelionatário da internet tem postado.

Condenação
Quem foi premiado com uma condenação em primeira instância foi o vereador Elcio Vieira Junior, relativa a contratações irregulares (segundo o Ministério Público) em 2010, quando presidia a Câmara Municipal de Lorena. A sentença prevê perda do mandato que exerce, suspensão dos direitos por 5 anos e proibição de contratar com órgãos públicos direta ou indiretamente por 3 anos. Ah! Pagamento de multa no valor de 100 vezes do último salário que recebeu na época dos fatos. Em tempo: embora condenado, ainda cabe recurso!

Perguntar não ofende
Se o investimento em divulgação dos atos da Câmara de Lorena, na legislatura passada, foi alvo de maledicência na boca do Porco Tatuado e seus asseclas (sendo que o Tribunal de Contas aprovou a medida), qual vai ser o discurso destes produtivos, já que o atual comando do Legislativo já meteu um contrato emergencial (!) para injetar na impren$a paralela um soro financeiro as custas do erário público?

Abrindo as cortinas
Diferente de apenas ‘dizer que tem’, o prefeito Isael Domingues resolveu fazer diferente em Pindamonhangaba nestes dias de Carnaval. Ele mostrou, através de um vídeo a quem de direito, o almoxarifado da Prefeitura, como forma de provar que agora existem remédios estocados. Embora nem toda população esteja conectada nas redes sociais, algo ficou claro: o ‘tiro’ acertou em cheio a oposição que vinha arrazoando. Ah! Parece que o prefeito deixou claro que pretende utilizar seu marketing de Facebook para mostrar as realidades da administração como antídoto à maledicência das esquinas…

Não convidem para…
…a mesma picanha O homem forte da administração Marcus Soliva, Miguel Sampaio, e o ex-prefeito Junior Filippo, principalmente se a secretária de Educação, Beth Sampaio, estiver no controle da churrasqueira!

Ney carContra o povo
Comenta-se pelos balcões da Praça Conselheiro, de Guará, que o vereador Nei Carteiro (PMDB), talvez por falta de orientação, está prestes a penalizar a maior parte dos usuários do transporte público, em detrimento de uma minoria da faixa etária de 60 a 65 anos. Segundo a boca pequena, se for aprovada a redução para 60 anos a gratuidade nos ônibus urbanos, o restante da população é que vai ter de pagar a conta. Perguntem ao Sapiente!!!

Trem da alegria
Corre na boca pequena de Cachoeira Paulista que a administração do prefeito Edson Mota está mais para agência de empregos que para órgão público. Comenta-se que a maior pluralidade de CEP postais concentra-se na Prefeitura, levando o local a aparência de shopping center.

Mister “M”!
Quem observa, no Portal da Transparência, o gasto da Prefeitura de Canas com cestas básica, cerca de R$ 214 mil (período de dois meses), sem conhecer a cidade e sua realidade com 4,8 mil habitantes, tem a impressão que se trata de uma metrópole ou tem alguém abastecendo algum armazém com dinheiro público. Num segundo momento, os valores gastos em açougue, aproximadamente R$62 mil (dezembro e janeiro), conclui que educação municipal forneceu merenda escolar mesmo com as crianças em férias, ou o prefeito andou promovendo muito churrasco na passagem de ano. Perguntem ao vereador Laerte Zanin!

Perguntar não ofende
Com qual frota de veículos oficiais a Prefeiura de Canas conseguiu gastar R$ 62 mil de combustível no mês de dezembro, e R$ 88 mil em janeiro deste ano, totalizando mais de R$ 151 mil???

Erica dddddddddPolítica a long play
Na difícil tarefa de transformar expectativas em realidade administrativa em Potim, a prefeita Erica Soler (PR), com a ajuda do governo do Estado, conseguiu dar um passo decisivo, com a promessa de 200 apartamentos pelo CDHU. O investimento promete render várias exposições de popularidade como a assinatura do convênio, o início das obras, a abertura das inscrições, o sorteio prévio dos mutuários, e além de outras facetas, a entrega das chaves. Conta-se dois ou três anos de política em cima de apenas um fato…

Cheiro de fritura
Rola entre os bem informados de Guará que tem secretários municipais e correlatos na alça de mira  dos vereadores. Com isto, o cronometro de pelo menos dois ou três já disparou!!!

Mensagem cifrada
Profissionalmente, se tornou um colecionador de derrotas, financeiramente nunca progrediu, a não ser as custas da boa fé alheia; em termos de caráter, além de tornar-se o lado obscuro do bom nome familiar, sempre se demonstrou inconfiável, principalmente se tiver um sexo oposto despercebido ou inocente…

Ameaça velada
Circula pelos corredores do Legislativo de Lorena, que a oposição tem planos e um ‘laranja’ disponível para promover várias situações de desgaste para o prefeito Fábio Marcondes nos próximos dias. Segundo a patuleia, a finalidade é engessar a governabilidade de Marcondes para conter o índice crescente de aprovação de sua administração, principalmente diante dos recursos que serão investidos em toda cidade até o final do ano.

Em Alta
As prefeituras da região, que peitaram as dificuldades financeiras e bancaram a realização do Carnaval em 2017. Com destaque para Pinda, Guará e Cunha, as cidades se mobilizaram, e com aposta em blocos de rua, conseguiram atrair milhares de foliões. Até propostas mais singelas como a do Carnaval Família, em Lorena, conseguiram um bom resultado.

Em baixa
A Saúde municipal de Cruzeiro que por herança de administrações passadas e dificuldade da atual, tem permitido que o caos antes contabilizado apenas na Santa Casa, contamine toda estrutura na rede municipal. Nesta semana a situação ficou mais clara no ARE, onde a espera por médicos chega a ser um exercício de paciência para quem nem sempre tem tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>