Bastidores da Política

A secretária Beth Sampaio, ao lado do vereador João Pita e presidente Celão
A secretária Beth Sampaio, ao lado do vereador João Pita e presidente Celão

Pingos nos ‘is’

Atendendo o convite da maioria dos vereadores e convocação para minoria, a secretária municipal de Educação de Guaratinguetá, Beth Sampaio, compareceu à sessão de Câmara da última terça-feira para explanar aos membros do Legislativo os passos e entraves da pasta rumo aos desafios da administração Marcus Soliva.

Para quem esperava uma ‘sabatina pesada’ por parte de alguns parlamentares que à distância são muito mais dramáticos que pessoalmente, ficou surpreendido pelo tom cortês em que a Casa de Leis recebeu a gestora e a maneira respeitosa em que foi atribuída a prestação de contas.

Faca no pescoço

O oposicionista Rafael Goffi Moreira (PSDB) conseguiu apoio dos colegas de Câmara para impor ao Executivo de Pinda – através de projeto de lei – a informar os motivos de eventuais paralisações de obras públicas no município.

Se sancionada, a lei vai obrigar Isael Domingues a informar os motivos e período de interrupções e ainda, nova data para o término da obra em questão.

Rafael Moreira justificou que a medida é para dar mais transparência aos recursos públicos e manter a população informada.

Ah! Questionam na Praça e também pelos balcões do Mercadão o porquê desta lei não ter sido produzida na legislatura anterior, já que sobraram várias obras paralisadas do ex-prefeito para o atual…

Coelho da Páscoa

Isael Domingues
Isael Domingues

A Prefeitura de Pinda fechou a semana da Páscoa com mais uma injeção ‘financeira’ na assistência social da cidade. Desta vez mais quatro entidades assistenciais vão receber juntas perto de R$ 1 milhão.

Este é o segundo bloco de entidades a receber recursos este ano, num formato da administração pública em fortalecer a filantropia indireta de atendimento aos idoso e as crianças do município.

Na avaliação do mercado político, uma marca forte do governo Isael Domingues, em que os vereadores fizeram questão de ‘sair bem na foto’, aprovando por unanimidade o projeto de autorização legislativa para o repasse do dinheiro.

O cúmulo

As lamúrias do vereador Adevaldir Papa Defunto, na tribuna da Câmara de Lorena foram o ponto controvérso da última sessão.

Sua indignação era pelo fato do presidente da Casa, Mauro Fradique, tê-lo destituído da presidência da Comissão de Ética – cargo que exercia antes de sua batata assar na Justiça como suspeito pelo crime de concussão, e a Promotora Pública pedir sua cabeça, quer dizer, a suspensão de seu mandato…

Fake News

Beto Pereira
Beto Pereira

Embora tenha rolado pelas esquinas de Lorena e no plenário da Câmara que o vereador Beto Pereira estaria supostamente sendo investigado pela Polícia Federal, o parlamentar nega e desconhece o fato.

Segundo sua justificativa e ‘contra ataque’, a mentira é originária do ‘laboratório daquele covil’ que busca amplificação na gratuidade do Facebook.

 

 

Voltando a fita

Após o fiasco e a frustração de uma denúncia que chegou à Câmara de Ubatuba, formulada por um ‘morador’ contra o prefeito de Ubatuba, Délcio Sato – acusado de construir um Centro Educacional Infantil em área de terceiros, o presidente da Casa, Silvio Brandão, busca reaproximar-se da administração de forma homeopática.

Segundo o mercado político, por um momento Brandão teria ficado desconfortável no território do prefeito Sato por uma leve desconfiança de que a tal denúncia poderia facilitar sua ascensão ao cargo majoritário sem passar pelas urnas, uma vez que o cargo de vice está vago…

Sinal de alerta

Délcio Sato
Délcio Sato

Após viralizar nas redes sociais o comunicado do Tribunal de Contas que Ubatuba está entre os 23 municípios da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte com risco de insuficiência de receita, podendo esbarrar na Lei de Responsabilidade Fiscal, o prefeito Délcio Sato foi incisivo em afirmar que ‘risco’ todos gestores correm, não significando que o pior deva acontecer.

Lutando contra a falta de recursos e administrando um acervo de dificuldades financeiras que recebeu de herança dos gestores passados, Sato segue com olhos atentos nos números e no equilíbrio das contas públicas.

Contas rejeitadas

Se não bastassem várias contas da administração do ex-prefeito Francisco Carlos serem rejeitadas, até o Arsaeg – Agência Reguladora do Serviço de Água e Esgoto de Guaratinguetá – em seu período – amargou a mesma situação do Tribunal de Contas do Estado.

Ventos dos corredores da administração dão conta que os números da Arsaeg de 2014 foram rejeitos por falta de pessoas capacitadas para exercer as funções da Agência.

E para piorar a situação da quase extinta Arsaeg, a Justiça investiga suposta contratação, ou melhor, pagamento de empresa sem os devidos serviços prestados.

Prazo de validade

Corre na boca pequena de Guará que a representação do MDB na Câmara pode estar com prazo de validade vencendo.

Pelo andar da carruagem, Décio Pereira deve pender para um lado e Fabrício da Aeronáutica do outro; Ney Carteiro indeciso mas satisfeito com a possibilidade de ganhar mais espaço e Tia Cleusa quase ‘Solivando’.

Com a palavra, Argus Ranieri, postulante a Prefeitura em 2020 – se houver eleição!!!

Aritmética política

Em solo bastante conhecido da região, vereador + diálogo e justificativas + prefeito = cabeça de secretário que virou secretino.

Qualquer semelhança com algo parecido ocorrendo nos próximos dias nas proximidades do local onde se comemora santo ao som das congadas, pode não ser mera coincidência…

Sacando primeiro

O prefeito de Cruzeiro Thales Gabriel aproveitou ‘um cochilo dos prefeitos’ vizinhos na disputa pelo tão esperado e prometido Hospital Regional, puxando uma reunião estratégica com a deputada Letícia Aguiar para sua cidade, no último sábado.

Com olhar desconfiado de Teca Gouvêa (Piquete), a simplicidade entusiástica de Guilherme Carvalho (Silveiras), a vontade em dar solução de Erica Soler (Potim) e o apoio frio e calculista de Ernaldo Cesar (Aparecida), Thales foi mais longe que todos apresentando local, logística e projeto para que seu município seja o premiado com o hospital.

Nenhum de nós

Uma das ausências sentidas na reunião entre prefeitos da região com a deputada Letícia Aguiar, no último sábado, em Cruzeiro, foi sem dúvidas a de Edson Mota, de Cachoeira Paulista, até porque das cidades da região, a sua é a mais emblemática por vários fatores: o prédio da Santa Casa está indo a leilão, o Ministério Público que busca premiá-lo com a perda do mandato e, entre outras situações, a certeza que as constantes festas que vem promovendo na terra dos Vieiras, não curam as pessoas, mas um hospital em plena funcionalidade sim.

Ciscando em quintal…

…alheio Comenta-se pelas esquinas de Potim que o prefeiturável Emerson Tanaka anda invadindo o eleitorado do ex-prefeito João Cascão para garantir apoio no ano quem.

Pelo que se ouviu, já que a família Cascão não está demonstrando interesse para a próxima eleição, Tanaka está aproveitando a ‘brecha’, antes que apareça uma proposta melhor.

O que muitos querem saber

Se é fato ou fake news que a prefeita Erica Soler teria admitido vir para reeleição com um novo vice, uma vez que o atual, Marcinho do Supermercado estaria anunciando ‘carreira solo’ para 2020???

Quando o navio balança…

…os primeiros a abandonar a embarcação são os ratos. Perguntem ao Breno Anaya, de Cachoeira Paulista…

Em Baixa

Guaratinguetá – A informação de que a Prefeitura foi intimada a apresentar dados sobre área no passado utilizada como lixão e depois transformada em Parque Municipal, o Parque Ambiental Santa Luzia, deu mais uma mostra de que a herança maldita dos antecessores não deve dar paz tão cedo para o atual prefeito Marcus Soliva.

Em seu terceiro ano à frente do Executivo, ele ainda tem que limpar a sujeira deixada nos governos de Francisco Carlos e Junior Filippo (neste caso, literalmente).

Foi no mandato de Francisco Carlos que o antigo lixão foi paralisado, já que a Prefeitura não apresentava nenhum laudo para uso da área. Foi com Filippo que a cidade criou o parque, sem laudo ou estudo ambiental.

É com Soliva, que o município será obrigado a responder. Uma bela herança…

Em Alta

Cruzeiro – O prefeito Thales Gabriel (PR) voltou a mostrar que não fica parado quando o assunto é aproveitar o bom momento.

Com o apoio da deputada estadual Letícia Aguiar (PSL), o chefe do Executivo cruzeirense reuniu lideranças regionais na tentativa de fortalecer o projeto para a criação de um hospital regional, que não só serviria como um desafogo na demanda regional, como também serviria como bálsamo nas feridas deixadas por administrações desastrosas que desestruturaram a saúde municipal.

De quebra, Thales pode ainda colocar em prática um velho sonho da população da cidade e de municípios vizinhos: garantir uma sede própria do Poupatempo.

Controvérsia!

O posicionamento dos vereadores Samuel de Melo ‘Vieira’ e Adevaldir Ranço ‘Vieira’, contrários ao projeto do Executivo de Lorena que autorizou a Prefeitura a estabelecer convênio de R$ 433 mil com o Fehidro, para recomposição da mata ciliar do Parque Ecológico do Taboão – na fazenda do DAEE.

Num período em que preservação do meio ambiente está em alta, os parlamentares estão realmente em baixa…

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

× Como posso te ajudar?