Bastidores da Política

Franco atirador
Marcelo Santa Casa
Marcelo Santa Casa

O clima foi tenso na Câmara de Guará esta semana, com o vereador Marcelo da Santa Casa disparando contra o prefeito Marcus Soliva, mas acertando secretários que a despeito das críticas no mercado político, têm feito o dever de casa acima da média.

Na primeira saraivada de balas, Marcelinho acertou o setor de limpeza pública, seguido da saúde e terminando na educação, quer dizer, na secretária Beth Sampaio.

Ai, a voz dos experientes indagam: “não seria mais conveniente ao vereador – ao invés de ficar pedindo indiretamente a cabeça de secretário – se trancar numa sala fechada com o prefeito e seu desafeto recente, Arilson Pereira, para ver quem sobrevive”? Como diria o precavido na política: vai que  tem nesta disputa mais gente sobre telhados de vidro que se imagine!!!

Sobre vida
Seguindo o Social como uma das marcas fortes de sua administração, o prefeito Isael Domingues conseguiu aprovar na Câmara nesta semana mais um lote de transferência de recursos às entidades assistenciais de Pindamonhangaba. Cerca de dez entidades devem receber nos próximos dias subsídios que somam mais de R$ 791 mil. O projeto de Isael foi aprovado por unanimidade dos vereadores, que por se tratar de assistência social, não tiveram como procrastinar na votação – como ocorrem às vezes com algumas menções do Executivo, apelidado no mercado político como efeito ‘peteca’…A voz da periferia
Corre pelas esquinas de Aparecida que diante da possibilidade de reeleição, o prefeito Ernaldo Cesar segue administrando o óbvio, deixando as grandes demandas do município como saúde, educação e infraestrutura sem definições. Pelo que se ouve nas rodas políticas, os concorrentes já preparam ‘um saco de pedras’ para jogar em sua ‘vidraça’ no curso da campanha eleitoral do ano que vem.
Quente e morno
A semana não foi das melhores para o prefeito de Cruzeiro, Thales Gabriel. De acordo com a patuleia, os primeiros dias começaram quentes com a notícia que o Ministério Público – com requinte de ação de improbidade e bloqueio de bens – enxergou irregularidades no contrato de mais de R$ 3 milhões celebrado entre a Prefeitura e a Planneta Educação. O que suavizou foi a boa notícia do Caged – Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, que apontou a cidade com desempenho positivo na geração de empregos no primeiro bimestre.
Perguntar não ofende
Em qual pesquisa eleitoral realizada em Potim que o Carlinhos Zaga pontuou em primeiro lugar na preferência dos eleitores? Sem desmérito ao prefeiturável, mas o que de fato se ouviu é que dois ou três entusiastas propagaram esta informação sem considerar o ‘calibre’ dos adversários que o irmão do falecido deverá encarar pela frente, se é que vai conseguir montar grupo para competir contra a família Cascão e a prefeita Erica Soler, que busca sua reeleição.
Transparência
Em pesquisa no Portal da Transparência, quem acompanha as despesas da Prefeitura e Câmara de Canas, alerta que a sequência de adiantamento na conta dos servidores do Legislativo pode ser questionada e investigada pela Justiça. Alguém duvida ou paga pra ver???
Juntos e misturados
Comenta-se que o palanque eleitoral do candidato Sylvinho Ballerini poderá contar com as três correntes da oposição de Lorena – apesar da disputa ‘entre elas’ para indicar o vice. Disseram que Vaguinho tem fortes argumentos para indicação de seu irmão, o ‘enTão’ – principalmente depois ‘daquele incentivo’ que veio do gabinete de um deputado do PR; na contramão do combinado no primeiro biênio da presidência da Câmara, Elcinho Vieira articula para que Mauro Fradique seja ‘o cara’; na contrapartida, o ainda vereador Adevaldir Ramos (novamente indiciado na Justiça) aposta suas fichas no Padre Robertinho, que ganhou espaço antecipado em sua rádio web – que usufrui da gratuidade do Facebook!!!
Titanic
Pelo que se comenta no mercado político de Lorena, o prefeiturável Sylvio Ballerini continua sem voz de comando em seu palanque eleitoral, com o agravamento de agora nem ter a opção de escolher seu próprio vice. Falam ainda que se não aparecer ‘alguém’ para dedetizar seu entorno, o barco vai afundar novamente antes de chegar a praia. Perguntem ao Carrerinha!!!
Contra fatos, não…
…há argumentos Embora esteja sobrando críticas à secretária de Educação de Guaratinguetá, Beth Sampaio, os números da rede municipal de ensino são incontestáveis. Além do desempenho educacional seguir índices jamais vistos no município, a reestruturação física dos espaços e a construção de novas unidades demonstram a capacidade da gestora. Somente em 2018 foram entregues simultaneamente aos alunos cerca de onze escolas reformadas – além dos prédios, mobílias e acessórios. Foram duas creches inauguradas este mês e outras escolas estão sendo construídas e projetadas com todo rigor de economia e qualidade de serviço. Ninguém que seja isento de ideologia partidária na cidade espera que ‘francisquetes, filipetes e arguetes’ aplaudam Beth Sampaio, mas com certeza, alunos bem assistidos e preparados, pais e a sociedade pensante – incluindo educadores de bom senso, aprovam o que estão vendo e vivendo.
Sob nova direção
Ventos dos corredores da Assembleia Legislativa dão conta que o PTB de Lorena está sob nova direção. Parece que toda movimentação de filiações, desfiliações e até expulsão de traidores vão estar sob o crivo de Fabiano Vieira, que recebeu informações diretas do deputado Campos Machado sobre a cessão de legendas para campanhas futuras, sem abrir mão de que o partido tenha candidatura majoritária.
Relações perigosas
Denunciaram no mercado político de Cachoeira, que o prefeiturável Torrada está conversando até com manequim de lojas para tentar viabilizar sua candidatura. O que estranharam, segundo a crítica, foi seu encontro velado com Edson Mota, justamente quando o prédio da Santa Casa está indo a leilão e os concursados que foram exonerados da Saúde Municipal ainda não receberam seus direitos. Ah! Com estes e outros encontros de Mota com as lideranças locais, quem está sentindo-se órfão é o Breno Anaya, que já sacou que o muito que vai lhe sobrar desta ‘puxação de saco’ vai ser a rejeição do homem e processos na justiça. Perguntem ao Claudinho Gaspar…
E por falar em Mota…
…corre na boca pequena de Silveiras que uma obra de praça que o ex-prefeito Edson Mota contratou e pagou R$ 80 mil à ‘construtora’, custou aos cofres públicos mais R$130 mil em encargos trabalhistas. Ou seja, pagou a empresa, que por sua vez não acertou salários e encargos dos funcionários que fizeram a obra, sobrando a dívida para o poder público, já que a Prefeitura foi solidária…
Reforço na saúde
As famílias de Ubatuba receberam uma boa notícia na tarde da última terça-feira. Sob intervenção da Prefeitura desde o ano passado, a Santa Casa recebeu um novo e moderno aparelho de tomografia. A expectativa do prefeito Délcio Sato (PSD) é que o equipamento de saúde comece a atender a população à partir da próxima semana. Para os especialistas em saúde, a disponibilização do aparelho de tomografia representará um reforço considerável na estrutura de atendimento da unidade.
Cidadania
A nova diretoria da OAB de Pindamonhangaba surpreendeu autoridades e moradores com aplicação dois programas voltados a cidadania: OAB vai à escola e, OAB vai ao bairro. De acordo com Aziz Boulos, presidente da entidade, a finalidade é levar noção de cidadania e direitos à população periférica da cidade, auxiliando inclusive em questões de eventuais processos paralisados na Justiça por falta de recursos e informações. Para os alunos do ensino fundamental, a finalidade é a mesma, mas acrescida de informações que contribuirão na formação acadêmica de cada estudante.
Nove a zero
Por nove votos a zero, a Câmara de Ubatuba rejeitou a possibilidade de instaurar CEI contra o prefeito Délcio Sato, por ter dado prosseguimento a construção de um Centro Educacional Infantil. Segundo os bem informados, uma manobra da oposição para atentar contra seu mandato. Disseram que os nove vereadores foram unânimes em reconhecer a ilegalidade da proposta através do voto, com exceção do presidente Silvio Brandão, que não teve necessariamente de votar.
Em Alta
Ubatuba – O prefeito Délcio Sato (PSD) atendeu ao pedido do CMT (Conselho Municipal de Turismo) para que seus membros sejam responsáveis pela indicação do novo secretário municipal de Turismo. O pleito participativo é uma ação inédita na história da cidade litorânea. A atitude democrática rendeu elogios no setor empresarial voltado ao turismo, já que demonstrou que o Executivo está disposto a contar com a contribuição especializada do CMT na tomada de decisões que venham somar para o desenvolvimento da área considerada ‘o motor econômico’ do município. Após o CMT selecionar os candidatos, caberá a Sato anunciar o escolhido no próximo mês.
Em Baixa
Cachoeira Paulista – A administração do prefeito Edson Mota, que supostamente por falha jurídica, não se manifestou nas ações trabalhistas promovidas por funcionários demitidos da Santa Casa (sob intervenção da Prefeitura), que se arrastavam há anos no TRT – Tribunal Regional do Trabalho. Em consequência da falta de propostas na tentativa de acordos por parte da municipalidade, o desembargador entendeu como falta de interesse do poder público e determinou o leilão do prédio do hospital para o pagamento das dívidas. Para tristeza maior da população e indignação geral, paira a suspeita de que forças ocultas podem ter atuado motivando a situação pelo interesse imobiliário.
Contagem Regressiva
Faltam menos de 60 dias para a administração pública de Guará extinguir o ARSAEG, a  agência reguladora criada no governo do ex-prefeito Junior Filippo, que se tornou onerosa e ineficiente em comparação a outras da região…
Controvérsia
Os opostos ao prefeito de Pinda, Isael Domingues, que ao criticá-lo pela locação de veículos para suprir a demanda da Prefeitura, esquecem que o exemplo vem do governo do Estado e da Assembleia Legislativa, que praticam a mesma modalidade.
Sandálias da Humildade
Ao secretário de Desenvolvimento Social de Guará, que se tornou mais real que a própria realeza ao se autopromover na sobra da estrutura da administração pública, refletindo incerteza e desconfiança nos bastidores da Câmara.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>