Bastidores da Política

Reforço de peso

Délcio Sato
Délcio Sato
A gestão do prefeito de Ubatuba, Délcio Sato (PSD), ganhou um reforço de peso na última terça-feira. A ex-deputada federal e vereadora de Taubaté Pollyana Gama (PPS) assumiu o comando da secretaria de Educação. Além de sua sólida carreira legislativa, Pollyana tem uma vasta experiência como professora, pedagoga e administradora escolar.De acordo com a nova secretária, ao aceitar o convite comungou objetivos do prefeito Sato em promover melhorias no setor da educação infantil, elevar o IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) e incentivar a formação e capacitação contínua dos professores.


Desgraça pouca é bobagem

Edson Notas
Edson Notas

Se não bastasse o prefeito Edson Mota ter suas contas rejeitadas em Silveiras (agora as de 2015, que o procurador-geral do Ministério Público de Contas analisou um pedido de reexame e negou provimento), esta semana foi exibida nas redes sociais a certidão que a prefeitura de Cachoeira Paulista, sob seu comando e indiretamente do ‘WS’, encontra-se impedida de celebrar convênios com os governos estadual e federal, consequentemente deixando de receber recursos, por inadimplência junto ao FGTS e INSS.

Não convidem para…
…mesma picanha – o vereador de Silveiras Pedro Paulo e o prefeito Edson Mota, principalmente se o churrasqueiro for o Paulo Antônio, e na mesa estiver os oposicionistas Marco Aurélio (pré-candidato a prefeito) e o Rafael Cardoso (o Queijinho), que perdeu a eleição passada para o Guilherme Carvalho na Terra dos Tropeiros…
Mercado aquecido
Circula pelas esquinas de Cachoeira Paulista que o mercado da construção civil registrou alta nos últimos meses na cidade por conta do número de vereadores que resolveram construir simultaneamente, aproveitando os ‘bons ventos’ da ‘motolândia’. Pesquisas mostraram que vereador, que nunca teve carteira de trabalho assinada, progrediu ao ponto de adquirir até mansão, enquanto outro, que mal tinha jazigo no cemitério, se tornou dono de apartamento e terreno valorizado em local nobre do município. Seguindo o progresso, teve político dissimulando a venda e a compra do próprio imóvel. Corram que a polícia vem aí…
Mudança de domicílio…
Com liberdade para mudança de partido, disseram que o prefeito de Cruzeiro, Thales Gabriel, ‘dormiu’ Solidariedade e acordou PSD (pelo menos na intenção), após um encontro recente com o deputado Marco Bertaioli, dias atrás na cidade de Mogi das Cruzes. Quem gostou da possibilidade de mudança de domicílio eleitoral do prefeito foi seu agora secretário de Turismo, Diego Miranda, que capitaneou cerca de 5 mil votos para o deputado em solo cruzeirense.
Paredão
Contrários ao aumento de cadeiras na futura Câmara de Guaratinguetá ganham forças após o endosso do prefeito Marcus Soliva, em recente entrevista no Atos no Rádio. Segundo comentários entre lideranças partidárias da cidade, a ideia de aumentar de 11 para 19 vereadores não tem apoio dos parlamentares Celão, Márcio Almeida e agora, aderindo o pensamento, Fabrício da Aeronáutica (que antes era favorável mas agora tem se mostrado contra). Pelo que se ouve entre os corredores do Legislativo, a ideia de uma Câmara com mais vereadores não vira nem projeto de resolução para votação…
Fósforo queimado
Por oito votos a três, a Câmara de Guará decidiu pela rejeição das contas do ex-prefeito Francisco Carlos, seguindo recomendação do Tribunal de Contas. O assunto, que girou pelos cafezinhos e rodas políticas da cidade, terminou de forma surpreendente. Quando muitos acreditavam que o ex-prefeito teria a necessidade de virar a seu favor apenas um voto dos emedebistas, no caso a Tia Cleusa, a situação agravou com o posicionamento contrário à aprovação do vereador Luizão da Ração, seguido pelo colega Pedro Sannini, momentos antes da votação. Para completar a tragédia franciscana, Marcio Almeida e Celão engrossaram o calibre do tiro na saúde eleitoral do Chico Hair…
Faltando ração
A conversa que a palavra do vereador Luizão da Casa de Ração não ‘faz curva’ parece que não se confirmou com o resultado da votação das contas do Chico Hair. Perguntem ao vereador Marco Evangelista!!!
Costura fina
João Pita
João Pita

Como um bom articulador, vereador João Pita está comemorando a possibilidade da Unitau ocupar o prédio que abriga o Centro Saúde – próximo à Santa Casa, para instalação do curso de medicina pretendido para Guaratinguetá.

Ah! Outra intermediação do ‘alfaiate da política’ que está próximo de se concretizar é a incorporadora que deverá agenciar os recursos para o restauro do Palácio da Homero Ottoni – aprovado pelo Condephaat no último dia 11, para que a cidade ganhe seu teatro novamente.

Multiuso
Marquinhos Ramos
Marquinhos Ramos

O vereador Marquinhos da Colchoaria tem se destacado pelas suas ações nas mais diferentes áreas de Lorena.

Apelidado pelos amigos e políticos mais próximos de ‘multiuso’, Marquinhos tem feito a interlocução entre os empresários do comércio local (por ser sua área) com o Executivo, e além de incentivar e defender as entidades sociais, tem trabalhado em projetos que buscam orientar adolescentes e jovens no desenvolvimento profissional e de cidadania.

Segundo sua assessoria, o vereador está nos ajustes finais de uma programação que pretende apresentar nos próximos dias ao prefeito Fábio Marcondes.

Torcidas divididas
O alinhamento partidário da próxima eleição em Piquete começa a definir grupos e duplas. Com a possibilidade de concorrer duas como muito três candidaturas majoritárias, chega ao mercado político local que a prefeita Teca Gouvêa está propensa a ‘abençoar’ seu vice, o Xeroso, com Rominho para sucessão. Do lado oposto, porém sem intolerância, Carlos da Saúde está analisando além de nomes para somar de vice, qual o partido em que deve disputar. À procura de espaço e um grupo ‘pra chamar de seu’, o ex-vereador Fernandinho (orientado pelos irmãos Silvas) tenta sentir o clima para ver se viabiliza seu nome para disputa majoritária na base risco: ou ganha ou amarga mais quatro anos de ostracismo…
Fim da novela
Isael Domingues
Isael Domingues

Ponto alto da última sessão da Câmara de Pinda, a aprovação do projeto do Executivo que autoriza o pagamento de uma dívida mais de R$ 20 milhões com os servidores municipais referente ao DSR (Descanso Semanal Remunerado), repercutiu pelas rodas políticas do Mercado Municipal.

Enquanto sobraram elogios para a atitude do prefeito Isael Domingues (PR) em resolver o impasse que se arrastava há mais de 15 anos, foi alvo de críticas a postura dos vereadores de oposição que quiseram “pegar carona” no sucesso do projeto do Executivo. Para exemplificar a atitude dos oposicionistas, teve político que usou o dito popular: “De filho bonito todo mundo quer ser pai”.

E por falar em Sato – reeleito presidente do Codivap para mais um mandato, neste início de semestre o órgão está se mostrando mais influente que o comando da Região Metropolitana. Talvez seja pela sua aproximação com João Doria!!!

Em Baixa

Potim – O governador de São Paulo, João Agripino Doria, que no afã de sucumbir projetos do seu antecessor Márcio França, suspendeu recursos e ações implantados no Governo do Estado durante o semestre passado. Em Potim por exemplo, após suspender os recursos na ordem de R$ 750 mil para infraestrutura já empenhados, atacou também os projetos de cunho social, como o Jepoe (Jovens no Exercício do Programa de Orientação Estadual), implantado na cidade com resultados significativos na diminuição da criminalidade. Com a suspensão insana, mais de cem jovens ficaram desassistidos no município.Em Alta
Codivap – Consórcio de Desenvolvimento Integrado do Vale do Paraíba – que depois de anos de inércia, recebeu uma diretoria disposta a quebrar os paradigmas do efeito causado pela Região Metropolitana (que ainda não mostrou porque veio) e começou a movimentar os prefeitos na recuperação dos recursos cancelados pelo governador João Doria. Já no primeiro mês deste ano, o presidente do Consórcio, Délcio Sato, conseguiu enquadrar o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, em busca da restituição dos recursos, suspensos, teoricamente por ter a marca do ex-governador Márcio França.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>